Fibra de carbono: BMW e Boeing unem esforços

Cada vez mais utilizada no fabrico de automóveis e aviões comerciais, a fibra de carbono é leve e resistente. A BMW e a Boeing acreditam que ainda há muito a descobrir neste material.

As construtoras partem para Washington depois de terem assinado um acordo de investigação e partilha de conhecimento, que permitirá encontrar novas formas de produzir e reciclar fibra de carbono. Ambas as marcas colocam a fibra de carbono no futuro das suas produções – o Boeing 787 Dreamliner é 50% em fibra de carbono e o habitáculo dos próximos i3 e i8 da marca bávara será completamente construído em fibra de carbono. Os ganhos passam pelos aumentos durabilidade, rigidez e diminuição de peso, tornando este material atrativo quem vive com base nestes indicadores.

787_dreamliner

Washington foi o local escolhido para centralizar toda esta ação conjunta, dado que ambas as marcas têm lá instalações – a BMW tem uma fábrica onde produz fibra de carbono e a Boeing a linha de montagem do seu novíssimo 787. Espera-se que esta união de cérebros contribua para melhorar o futuro da aviação e da produção automóvel, setores onde a segurança e proteção dos seus utilizadores são pilares muito importantes.

Texto: Diogo Teixeira

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos