Lenda

RUF CTR Yellow Bird: Isto sim são «driving skills»

O RUF CTR Yellowbird atingiu o estatuto de lenda após este vídeo. Depois de ver este vídeo nunca mais voltarão a dizer que sabem conduzir bem...

Depois de ver este vídeo nunca mais voltarão a dizer que sabem conduzir bem… Para os amantes de automóveis mais seniores, ou para os mais novos que vibraram aos comandos do jogo Gran Turismo, o RUF CTR Yellow Bird não é um nome estranho. Quem o conhece sabe que o Yellow Bird é «apenas» um dos carros mais temidos da década de 80.

Os 469cv de potência gerados pelo seis cilindros boxer de 3200 cm3 biturbo, oriundo do 911 e preparado pela casa alemã RUF, eram entregues sem dó nem piedade às rodas traseiras.

Conceitos como linearidade e disponibilidade a baixos e médios regimes eram conceitos que não se aplicavam ao Yellow Bird. A potência era entregue massivamente e de uma só vez: ora o motor entregava tanta potência com um Golf da época ora acelerava como se não houvesse amanhã, bastava que os turbos entrassem em ação.

As ajudas eletrónicas? Esqueçam. O único controlo de tração disponível na década de 80 era a sensibilidade do vosso pé direito. Quem entrava no Yellow Bird sabia que estava por sua conta e risco. E aos 469 cv de potência adicionem um chassi caprichoso…

Características que somadas, asseguravam ao CTR presença destacada na lista dos modelos mais viris da década de 80. Foi por isso que quando vi este filme sustive a respiração. Ao volante encontramos Paul Frère, o já falecido piloto e jornalista da Road & Track. Isto sim são «driving skills»… impressionante!

Mais artigos em Clássicos

Os mais vistos