Quem irá comprar a Ducati?

Uma das mais emblemáticas marcas de motociclos do mundo, a Ducati, está à venda. E há marcas de automóveis na corrida pela aquisição da casa de Borno Panigale. Nós apostamos na Mercedes…

Os rumores não são de agora. Desde Agosto do ano passado que circulam rumores que a família Bonomi, proprietária da Investindustrial -holding que detêm a Ducati – estaria a tentar vender a marca.

Mas o que até hoje eram apenas rumores agora ganham densidade. O Financial Times dá-nos conta que a família Bonomi está em negociações com vários grupos de investidores entre os quais, as marcas alemãs Volkswagen e a BMW. Para a Volkswagen seria uma estreia num mercado em que nunca esteve. Já para a BMW, o mercado dos motociclos é algo que está na sua génese. Sabiam que a BMW produz há mais tempo motas do que carros?

Não há indicações que haja interesse por parte da Daimler AG (proprietária da Mercedes-Benz) no entanto, face aos acordos de cooperação que a Ducati e a Mercedes- AMG celebraram, estamos em crer que poderá haver também um interesse legitimo por parte da casa de Estugarda na aquisição da marca italiana.

amg rossi

Seria um passo lógico, face à parceira já existente. A aquisição da Ducati pela Mercedes poderia ainda abrir outra linha de competição com a BMW: Pela primeira vez as duas arqui-rivais iriam defrontar-se no mercado das duas rodas. Mas este é um cenário “made in Razão Automóvel” não ouvimos em lado nenhum. É um feeling nosso…

Conjeturas à parte, todos são unânimes em afirmar que este é o melhor momento para vender a Ducati. A marca italiana está com uma excelente saúde financeira, as vendas vão de vento em popa, tem uma gama de modelos actual e os resultados desportivos têm sido satisfatórios. Só falta mesmo o Valentino Rossi conseguir entender-se tão bem com a sua GP12, como o Carlos Checa com a sua 1198 com que acaba de conquistar o campeonato mundial de SBK.

amg ducati

Texto: Guilherme Ferreira da Costa

Mais artigos em Notícias