345Quantas mais edições leres, mais hipóteses terás de ganhar! Cada edição lida corresponde a uma possibilidade.Em data que anunciaremos posteriormente, faremos uma transmissão live através do Facebook para sortearmos o vencedor!Segue-nos no Facebook e no Instagram para não perderes o lançamento de cada edição.Cada artigo tem um tempo médio de leitura. À medida que o vais lendo vamos fazendo a contagem do tempo que estás a usar.1Quando atingires o tempo médio de leitura activas o espaço onde te podes candidatar ao prémio.2Cada artigo tem um tempo médio de leitura. À medida que o vais lendo vamos fazendo a contagem do tempo que estás a usar.Quando atingires o tempo médio de leitura activas o espaço onde te podes candidatar ao prémio.12345Quantas mais edições leres, mais hipóteses terás de ganhar! Cada edição lida corresponde a uma possibilidade.Em data que anunciaremos posteriormente, faremos uma transmissão live através do Facebook para sortearmos o vencedor!Segue-nos no Facebook e no Instagram para não perderes o lançamento de cada edição.
Conteúdo patrocinado Volkswagen

Volkswagen T-Cross Life. O SUV da cidade serve para as férias?

As road trip não assustam o SUV urbano

Volkswagen

O Diogo foi de Lisboa até Sagres ao volante do novo Volkswagen T-Cross, e como acabou por descobrir, mesmo na versão Life, as road trip não assustam o SUV urbano.

O SUV da cidade serve para as férias? É isso o que o Diogo foi descobrir, numa road trip de Lisboa a Sagres, o ponto mais a sul de Portugal Continental, ao volante de um Volkswagen T-Cross 1.0 TSI Life de 95 cv, com caixa manual de cinco velocidades.

Life? Porque não o mais bem equipado Style ou o mais potente 1.0 TSI de 115 cv? Chamemos-lhe um (pequeno) desafio. Será que um T-Cross mais modesto será um bom companheiro nesta longa viagem sem os opcionais mais exclusivos ou a superior performance que os 115 cv permitem?

Além disso, fica substancialmente mais acessível, a custar algo à volta 23 mil euros, ao contrário dos 32 mil euros do Volkswagen T-Cross que testámos anteriormente, que parecia trazer tudo e mais alguma coisa.

Não que o Volkswagen T-Cross Life venha mal equipado, muito longe disso:

  • volante multifunções em couro;
  • manípulo da caixa de velocidades em couro;
  • cruise control adaptativo (ACC);
  • jantes em liga leve “Rochester” (16″);
  • rádio Composition Media;
  • App-Connect;
  • Pacote “Lights & Vision” (sensores de luz e chuva);
  • ar condicionado;
  • apoio de braço central;
  • indicador multifunções Plus;
  • Hill Hold Control;
  • sensor de ângulo morto, com assistente de saída do estacionamento e “Lane Assist”;
  • sistema “Front Assist” com sistema de travagem de emergência em cidade (City Emergency Brake);
  • sistema Bluetooth;
  • sistema de deteção de fadiga;
  • 2 entradas USB

Constatamos que, sendo “apenas” o nível intermédio Life, o equipamento disponível de série cobre todas as bases para o dia-a-dia, e não só — a viagem, nem sempre direta, de Lisboa a Sagres que o Diogo fez aos comandos do novo T-Cross, revelaram-no como um ótimo companheiro.

Começou a marcar pontos mesmo antes de iniciar viagem, porque apesar de ser um B-SUV, cujo habitat natural é a cidade e onde as dimensões compactas são uma vantagem, não deixa de ter, como já referido, excelentes cotas internas. Poderá servir como carro de família? Sem dúvida.

Adicionem uma boa dose de versatilidade e flexibilidade, cortesia dos bancos traseiros que não são apenas rebatíveis, como se espera, como também são deslizantes, isto é, podemos movê-los longitudinalmente em 14 cm, o que permite jogar ou com a capacidade da bagageira — de uns já muito bons 385 l para uns mais substanciais 455 l —, ou com o espaço para as pernas dos ocupantes.

E os 95 cv do 1.0 TSI do novo Volkswagen T-Cross chegam para as encomendas? Claro que sim. O Diogo evitou as autoestradas — afinal, isto é uma road trip, e as estradas nacionais são o palco natural para as fazer. Deu até para uma incursão fora de estrada em Porto Covo, e apesar das exigências cinematográficas desta road trip em particular, os consumos ficaram confortavelmente abaixo dos 7,0 l/100 km — em uso mais regular, não nos parece que os 6,0 l anunciados oficialmente sejam um objetivo difícil de atingir.

A Razão Automóvel e a Volkswagen têm prémios para te oferecer!

Responde corretamente ao quiz e habilita-te a ganhar
um prémio num futuro passatempo.

Cada artigo tem um quiz com 3 perguntas.
As perguntas vão surgindo à medida que fores lendo o artigo.
Se responderes correctamente às 3 perguntas ativas o espaço onde te podes candidatar ao prémio.

Podes participar as vezes que quiseres! Quantos mais artigos leres, mais hipóteses tens de ganhar!

Os vencedores de cada passatempo serão contactados via e-mail.

A Razão Automóvel e a Volkswagen têm prémios para te oferecer!

Participa num futuro passatempo
da Razão Automóvel x Volkswagen

Fica atento ao nosso website e redes sociais para saberes quando começa o próximo passatempo!
Podes participar já, basta seguires todos os passos abaixo:

1. Segue-nos nas redes sociais

2. Subscreve a nossa newsletter

Subscrever

3. Deixa-nos o teu email

Não te preocupes, os teus dados estão seguros connosco.
Consulta a nossa política de privacidade.