345Quantas mais edições leres, mais hipóteses terás de ganhar! Cada edição lida corresponde a uma possibilidade.Em data que anunciaremos posteriormente, faremos uma transmissão live através do Facebook para sortearmos o vencedor!Segue-nos no Facebook e no Instagram para não perderes o lançamento de cada edição.Cada artigo tem um tempo médio de leitura. À medida que o vais lendo vamos fazendo a contagem do tempo que estás a usar.1Quando atingires o tempo médio de leitura activas o espaço onde te podes candidatar ao prémio.2Cada artigo tem um tempo médio de leitura. À medida que o vais lendo vamos fazendo a contagem do tempo que estás a usar.Quando atingires o tempo médio de leitura activas o espaço onde te podes candidatar ao prémio.12345Quantas mais edições leres, mais hipóteses terás de ganhar! Cada edição lida corresponde a uma possibilidade.Em data que anunciaremos posteriormente, faremos uma transmissão live através do Facebook para sortearmos o vencedor!Segue-nos no Facebook e no Instagram para não perderes o lançamento de cada edição.
Conteúdo patrocinado Volkswagen

Volkswagen ID.R. Os segredos do 100% elétrico que conquistou o “Inferno Verde”

O Volkswagen ID.R. não é apenas mais um 100% elétrico de competição. É mais do que isso.

Volkswagen

O Volkswagen ID.R não é apenas mais um 100% elétrico de competição. É mais do que isso. É uma montra privilegiada da tecnologia Volkswagen e uma verdadeira máquina de bater recordes.

Desde que foi apresentado, o Volkswagen ID.R já arrecadou quatro recordes, sejam recordes absolutos ou reservados a veículos puramente elétricos. Além de Nürburgring, onde reclamou a volta mais rápida de sempre para um veículo 100% elétrico, também conquistou Pikes Peak, no Colorado (EUA); a rampa do Goodwood Festival of Speed, no Reino Unido; e a Montanha Tianmen, na China.

A Volkswagen acredita que a melhor forma de demonstrar o potencial de uma nova tecnologia, é submete-la à mais dura das provas: o cronómetro. Este artigo é sobre essa corrida, uma corrida contra o tempo levada a cabo pelo Volkswagen ID.R.

Missão Volkswagen ID.R

O desenvolvimento do Volkswagen ID.R iniciou-se em outubro de 2017. A missão da Volkswagen para este projeto não podia ser mais simples e simultaneamente mais complexa: desenvolver o elétrico mais rápido do mundo.

Volkswagen ID. R Pikes Peak 2018
Volkswagen ID.R. Uma das primeiras imagens a ser divulgada

Olhando para ele, parece um protótipo saído diretamente de Le Mans, mas não é. A grande diferença do ID.R para outros protótipos de competição é que não está restringido pelas regras de nenhum regulamento desportivo — a sua razão de ser não é o de participar em nenhum campeonato —, e por baixo das suas vestes aerodinâmicas reside um grupo motriz 100% elétrico.

Não houve um carro de corrida que precedesse o ID.R — começámos a partir de uma folha de papel em branco.

François-Xavier Demaison, Diretor Técnico da Volkswagen Motorsport

Foi a forma contundente de demonstrar o potencial da tecnologia elétrica por parte da Volkswagen, construtor (e grupo) cujo futuro passará decisivamente e abundantemente pela mobilidade elétrica.

Ao contrário de todos os outros protótipos ID. que conhecemos até agora, o objetivo do ID.R não é o de antecipar um veículo de produção — tal como vimos o primeiro ID., antecipar o ID.3. é banco de ensaio em forma de protótipo funcional.

Derradeiro objetivo? Mais do que bater recordes, desafiar os engenheiros da Volkswagen a levar a tecnologia elétrica a outro patamar. Uma tecnologia que mais cedo ou mais tarde, estará ao nosso alcance nos modelos de produção.

O primeiro ensaio

A “Corrida até às Nuvens”

Antes de atacar o “Inferno Verde”, o potencial do Volkswagen ID.R foi testado do outro lado do Atlântico, em junho de 2018, na desafiante rampa internacional de Pikes Peak, no Colorado, a “Corrida até às nuvens” — 19,99 km de extensão, 156 curvas, 1440 m de desnível, com a meta a situar-se a 4300 m acima do nível do mar.

Volkswagen ID.R Pikes Peak

O Volkswagen ID.R simplesmente “destruiu” o anterior recorde, detido pelo Peugeot 208 T16, que era animado por um tradicional motor de combustão. A performance do elétrico da Volkswagen foi tão avassaladora que o anterior registo foi obliterado por 16 segundos, tendo sido o primeiro a subir a montanha em menos de oito minutos: 7min57,148s foi o tempo final obtido.

A mensagem está a passar. Os carros elétricos não são apenas amigos do ambiente, também pode ser de elevada performance e cativantes.

Sven Smeets, Diretor Volkswagen Motorsport

A ajudar a este registo está a resposta imediata dos motores elétricos — cujo binário máximo está disponível desde o arranque. Apenas 2,25 segundos, é o tempo que o Volkswagen ID.R demora a atingir os 100 km/h.

Volkswagen ID.R Pikes Peak
Missão cumprida!

O ataque ao Nürburgring

Foi preciso esperar por 2019 para vermos o ID.R atacar o Nürburgring, um dos mais temidos circuitos a nível mundial. Um desafio totalmente distinto de Pikes Peak: o circuito alemão é muito mais rápido, com longas retas — a maior com quase 3 km de extensão — pelo que o ID.R teve de evoluir.

Os dois motores elétricos — um por eixo — mantiveram-se, assim como os 680 cv e 650 Nm de potência combinada, mas a aerodinâmica foi profundamente revista. Para melhor lidar com as velocidades superiores de Nürburgring, os engenheiros tiveram de reduzir o downforce produzido pelo ID.R.

Volkswagen ID.R Nürburgring
Volkswagen ID.R no Nürburgring-Nordschleife

O spoiler dianteiro foi redesenhado, assim como o fundo plano da carroçaria — fundamental para gerar o chamado «efeito de solo». Mas é na asa traseira que encontramos as maiores diferenças, encontrando-se numa posição bem mais baixa. O downforce viu-se assim reduzido em um terço comparativamente a Pikes Peak.

Foi também introduzido um sistema DRS ou Drag Reduction System. Como o nome indica trata-se de um sistema de redução de resistência aerodinâmica, que, quando ativado através de botões no volante, altera a inclinação dos elementos na asa traseira.

Volkswagen ID.R

Ao reorientar a inclinação desses elementos o downforce vê-se reduzido em mais 20%, resultando em velocidades máximas superiores nas secções mais rápidas do Nordschleife — foram várias as vezes que o ID.R ultrapassou os 250 km/h no “Inferno Verde” durante a sua volta recorde.

E que volta recorde foi! Comparando com o recorde anterior obtido por um veículo puramente elétrico, o chinês NIO EP9, o Volkswagen ID.R foi simplesmente dominador, ao percorrer os 20,832 km e 73 curvas do circuito alemão em menos 40s, resultando num tempo canhão de 6min05,336s.

Para se perceber o quão rápido foi o ID.R, o tempo alcançado no “Inferno Verde” representa uma velocidade média de 204,96 km/h — em Pikes Peak foi de “apenas” 150 km/h.

Volkswagen ID.R
Mais um recorde!

Os outros recordes

Goodwood e Tianmen

O ano de 2019 foi um ano de glória para o Volkswagen ID.R. Os seus recordes são a prova de que há mais potencial nesta tecnologia para lá da importante questão ambiental. Foi por isso que a Volkswagen quis exibir o seu 100% elétrico num dos mais mediáticos palcos da atualidade: o Festival of Speed de Goodwood.

Volkswagen ID.R
Em Goodwood… Mais rápido que um Fórmula 1.

Foi perante a atenção mediática de toda a imprensa mundial, que o ID.R subiu a rampa de apenas 1,86 km localizada na Herdade de Goodwood, propriedade de Charles Henry Gordon-Lennox, Duque de Richmond, Lennox, e Gordon.

Mais uma vez, o Volkswagen ID.R foi avassalador. Bateu o recorde absoluto da rampa, estabelecido há uma década. Nada menos que o recorde do piloto Nick Heidfeld, aos comandos de um McLaren MP4/13 — sim, um carro de Fórmula 1 —  com um tempo de 41,6s.

O Volkswagen ID.R bateu esse recorde não uma, mas duas vezes. Na primeira tentativa retirou praticamente meio segundo, estabelecendo um tempo de 41,18s. Mas esse recorde não durou sequer 48 horas. Numa segunda tentativa, o 100% elétrico da Volkswagen parou o cronómetro nuns impressionantes 39,9s, mais de um segundo a menos que a sua primeira tentativa.

Volkswagen ID.R
A contorcida e belíssima Estrada do Dragão, na China

Batido mais um recorde no velho continente, foi altura de rumar até ao continente asiático. Mais concretamente até à China — o maior mercado de automóveis elétricos do mundo.

Pela última vez em 2019, a Volkswagen colocou à prova o Volkswagen ID.R na montanha de Tianmen, um local de enorme significado místico para o povo daquela região, as “Portas do Céu”, onde o Céu e a Terra se encontram. Um percurso conhecido por “Estrada do Dragão”, um traçado com 10,906 km de extensão e… 99 curvas.

Um percurso imensamente técnico, não só pela frequência a que as curvas surgem, como pela estrada em si, bastante estreita e piso irregular, com inclinações que podem chegar aos 37º —  a estrada inicia-se a 200 m acima do nível do mar e termina a 1300 m, sempre rodeados num cenário que mais parece saído de um filme.

Volkswagen ID.R

Ao contrário dos outros recordes, não há precedentes para a montanha de Tianmen — o Volkswagen ID.R foi o primeiro carro de corridas a subi-la, estabelecendo a bitola nuns impressionantes 7min38,535s — o recorde para um automóvel de produção está a mais de dois minutos de distância.

O piloto, Romain Dumas

Em todos estes recordes obtidos pelo Volkswagen ID.R, houve sempre uma constante — para além do ID.R, obviamente. Romain Dumas foi sempre o piloto de serviço atrás do volante, o responsável por espremer tudo o que o ID.R tinha para dar.

Romain Dumas, piloto do Volkswagen ID.R
Romain Dumas, o escolhido para pilotar o Volkswagen ID.R.

O seu currículo é extenso: múltiplas vitórias em provas de resistência, como Le Mans, Nürburgring ou Spa-Francorchamps; conquistou também por quatro vezes Pikes Peak; vencedor também nos ralis, Romain Dumas conquistou inclusivamente o campeonato R-GT.

Sem dúvida, o piloto certo para a importante missão do Volkswagen ID.R. Mesmo que até para um piloto experiente, um carro de competição 100% elétrico seja um desafio totalmente novo.

Os motores emitem um ruído sereno e não há mudanças de caixa — a princípio, parecia que estava numa nave espacial. Apenas a vista através do para-brisas, os instrumentos e as forças centrífugas nos dão alguma perceção da real velocidade que somos capazes de atingir. Demorei algum tempo até me habituar.

O futuro do Volkswagen ID.R

Para já, a Volkswagen não adiantou mais nenhuma tentativa de recorde para o ID.R. Mas mesmo que o seu projeto desportivo termine agora, a sua tecnologia vai continuar ao serviço da marca alemã durante muitos anos.

A Volkswagen vai eletrificar todo o seu programa desportivo, e na base desta nova fase, vai estar muito do know-how adquirido no projeto do carro que bateu todos os recordes.

Apesar do mundo estar em constante mudança, há uma verdade que parece imutável: a competição continua a ser um fator de inovação e superação. E o desporto automóvel não é exceção.

Hoje na competição, amanhã nas nossas estradas.

A Razão Automóvel e a Volkswagen têm prémios para te oferecer!

Responde corretamente ao quiz e habilita-te a ganhar
um prémio num futuro passatempo.

Cada artigo tem um quiz com 3 perguntas.
As perguntas vão surgindo à medida que fores lendo o artigo.
Se responderes correctamente às 3 perguntas ativas o espaço onde te podes candidatar ao prémio.

Podes participar as vezes que quiseres! Quantos mais artigos leres, mais hipóteses tens de ganhar!

Os vencedores de cada passatempo serão contactados via e-mail.

A Razão Automóvel e a Volkswagen têm prémios para te oferecer!

Participa num futuro passatempo
da Razão Automóvel x Volkswagen

Fica atento ao nosso website e redes sociais para saberes quando começa o próximo passatempo!
Podes participar já, basta seguires todos os passos abaixo:

1. Segue-nos nas redes sociais

2. Subscreve a nossa newsletter

Subscrever

3. Deixa-nos o teu email

Não te preocupes, os teus dados estão seguros connosco.
Consulta a nossa política de privacidade.