Este BMW 323i (E30) é tão caro como um M3 novo

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Venda

Este BMW 323i (E30) é tão caro como um M3 novo

Com apenas 260 km percorridos desde 1985, estão a pedir por este BMW 323i (E30) uns muito elevados 119 990 euros. Um valor justo ou inflacionado?

Se ontem mostrámos um Honda Civic SiR de 1996 com apenas 24 km, pelo qual estavam a pedir, no mínimo, 100 mil euros, talvez não seja assim tão surpreendente encontrar este BMW 323i (E30) à venda por substanciais 119 990 euros.

Anunciado pela Meyer-Hafner, este 323i vê o seu preço justificado, pelo menos em parte, pelo estado imaculado em que se apresenta.

Saído da linha de produção em 1985, desde então este BMW percorreu apenas 260 km, razão pela qual parece ter acabado de sair do stand.

A NÃO PERDER: BMW 333i (E30). O «primo do M3» que pouca gente conhece

Descrito como uma «cápsula do tempo», este 323i ainda conta com os pneus Pirelli P6 originais e com vários equipamentos que eram opcionais à época.

Desde os bancos desportivos ao volante de três raios forrado a couro, passando pelo rádio leitor de cassetes (e caixa para guardar seis cassetes), spoiler traseiro, retrovisor exterior direito de ajuste elétrico ou ainda os tapetes em veludo.

Não é um M3, mas tem um motor «nobre»

Apesar de não ser um M3, o motor deste BMW 323i (E30) não deixa de ser «nobre». Afinal trata-se de um seis cilindros em linha com 2.3 l — mais dois cilindros que o motor do M3 — que, até 1985, ocupava o topo da gama Série 3.

Nesta unidade oferece 150 cv e surge acoplado a uma transmissão manual cuja primeira velocidade é engrenada para trás (chamada de dogleg, ou perna do cão) em vez do que é usual na maioria dos automóveis, recorrendo ao mesmo padrão que se via em muitos carros de competição.

Com o valor que está a ser pedido pela Meyer-Hafner por este BMW 323i daria para comprar um BMW M3 «novo em folha» — qual escolheriam?

Sabe responder a esta?
Qual é a capacidade da bagageira do BMW Série 2 Active Tourer?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

BMW Série 2 Active Tourer testado. Tem argumentos contra a «moda» SUV?

Mais artigos em Notícias