Lamborghini Reventón. Só foram feitos 20 e este vai a leilão

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Leilão

Lamborghini Reventón. Só foram feitos 20 e este vai a leilão

Feito e apenas 20 unidades produzidas, o Lamborghini Reventón é um «unicórnio». As expectativas para este leilão são, por isso, elevadas.

Baseado no Murciélago e lançado em 2008, o Lamborghini Reventón (sinónimo de “explosão”) é um dos carros mais raros da marca de Sant’Agata Bolognese.

No total só foram produzidas 20 unidades — foi feita uma unidade adicional que teve como destino o museu da marca —, às quais se juntaram mais tarde 15 unidades da versão Roadster.

A animá-lo temos o 6.5 V12 de 650 cv do Murciélago LP640 que surge associado a uma caixa sequencial de seis relações e a um sistema de tração integral permanente.

VEJAM TAMBÉM: Escapes falsos no Lamborghini Miura? Sim, é verdade
Lamborghini Revénton © Darin Schnabel/RM Sotheby's

Graças a tudo isto os tradicionais 0 aos 100 km/h são despachados em apenas 3,4s e a velocidade máxima fixa-se nos 340 km/h.

Um exemplo das crescentes capacidades da marca no uso da fibra de carbono à época do seu lançamento, o Reventón destacava-se ainda pelo painel de instrumentos digital, inspirado nos aviões de combate.

A unidade que vai a leilão

Tendo em conta a sua raridade, o surgimento de um Lamborghini Reventón à venda é sempre notícia. Esta unidade foi a 12.ª a ser produzida e saiu da fábrica da Lamborghini em junho de 2008, tendo percorrido somente 866 milhas, ou seja, menos de 1400 km, ao longo dos seus 14 anos de «vida».

Só teve um dono e nunca foi alvo de alguma alteração, este Lamborghini Reventón está como novo, tendo apenas sido submetido às obrigatórias manutenções de rotina para se «manter em forma».

Lamborghini Reventón © Darin Schnabel/RM Sotheby's

Com o número de chassis ZHWBU77S68LA03387, este supercarro italiano marcou presença em eventos como o “Concours d’Elegance de Meadow Brook” em 2008 ou o “Concours d’Elegance of America” em 2014.

Agora vai ser leiloada pela conceituada RM Sotheby’s no “Monterey Car Week 2022”, que se realizará proximamente, entre 18 e 20 de agosto.

Quando foi lançado em 2008, o Reventón não impressionou apenas pelo seu design; o seu preço era também de «outro mundo». Este foi o primeiro Lamborghini novo com um preço de sete algarismos: 1 000 000 euros (à volta de três vezes mais que o Murcielago LP640 que lhe servia de base).

Catorze anos depois, será que valorizou? A RM Sotheby’s não avança com uma estimativa, mas tendo como referência outras duas unidades vendidas também pela leiloeira — por 1,32 e 1,37 milhões de euros —, é de esperar que este Reventón não ande longe dessa ordem de valores.

Lamborghini Reventón © Darin Schnabel/RM Sotheby's

 

Sabe responder a esta?
Como se chamava o fundador da Lamborghini?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Ferruccio vs Enzo: as origens da Lamborghini
Em cheio!!
Vá para a próxima pergunta

ou leia o artigo sobre este tema:

Ferruccio vs Enzo: as origens da Lamborghini

Mais artigos em Notícias