Preços

SEAT Tarraco e-HYBRID chega em junho e já sabemos quanto vai custar

A variante híbrida plug-in do maior SUV da SEAT, o Tarraco e-HYBRID, prepara-se para chegar ao mercado português e já tem preço.

Apresentado ao mundo no Salão de Frankfurt de 2019, o SEAT Tarraco e-HYBRID só agora está para chegar ao mercado português, no próximo mês de junho, com preços a começar nos 47 678 euros.

Depois das variantes híbridas plug-in do Leon, que nós já testámos, a marca espanhola dilata agora a sua oferta de modelos eletrificados com o Tarraco e-HYBRID, que visualmente é em tudo idêntico aos “irmãos” equipados com motor de combustão.

As principais diferenças resumem-se ao capítulo mecânico, uma vez que o Tarraco e-HYBRID combina um motor 1.4 TSI de 150 cv com um motor elétrico de 115 cv (85 kW) alimentado por uma bateria de iões de lítio com 13 kWh.

RELACIONADO: Leon Sportstourer e-HYBRID. Testámos o primeiro híbrido plug-in da SEAT
SEAT-Tarraco-e-HYBRID_029_HQ

Tudo somado, o Tarraco e-HYBRID apresenta uma potência máxima combinada de 245 cv e um binário máximo de 400 Nm, “números” que são enviados em exclusivo às duas rodas dianteiras através de uma caixa DSG de seis velocidades.

A NÃO PERDER: Testámos o SEAT Tarraco 2.0 TDI. É este o motor certo?

49 km puramente elétricos

A SEAT reclama uma autonomia 100% elétrica de até 49 km (ciclo WLTP) para o Tarraco e-HYBRID, que arranca sempre em modo elétrico desde que a bateria tenha carga suficiente.

Quando a bateria desce abaixo de um determinado nível ou se ultrapassa os 140 km/h de velocidade, o sistema Hybrid entra automaticamente em ação.

SEAT-Tarraco-e-HYBRID_029_HQ

Além do modo Hybrid temos ainda à disposição o modo e-Mode, que tal como o nome sugere permite-nos andar exclusivamente a eletrões, e o modo s-Boost, para uma utilização mais desportiva.

Graças a tudo isto, o SEAT Tarraco e-HYBRID anuncia emissões de CO2 entre 37 g/km e 47 g/km e consumos entre 1,6 l/100 km e 2,0 l/100 km (ciclo combinado WLTP).

SEAT-Tarraco-e-HYBRID_029_HQ
A porta de carregamento no guarda-lamas dianteiro esquerdo é o que permite identificar o Tarraco e-Hybrid dos outros Tarraco.

No que ao carregamento diz respeito, através de uma wallbox com 3,6 kWh é possível recarregar a bateria em 3,5 horas. Já numa tomada de 2,3 kW o tempo de carregamento é um pouco menos de cinco horas.

LEIAM TAMBÉM: Pedro Fondevilla é o novo diretor geral da SEAT Portugal

Só 5 lugares

A versão híbrida plug-in do SEAT Tarraco está apenas disponível com uma configuração de cinco lugares, ao contrário do que acontece com as variantes equipadas com motor de combustão interna, que podem disponibilizar até sete lugares.

A explicação para esta decisão é simples e está relacionada com a bateria. É que para “arrumar” a bateria de iões de lítio de 13 kWh, a SEAT recorreu precisamente ao espaço ocupado pela terceira fila de bancos e pelo pneu sobressalente, sendo que ainda diminuiu o depósito de combustível para 45 litros.

A NÃO PERDER: Testámos o renovado SEAT Ateca. Mudou pouco, mas foi suficiente?

Preços

Com chegada ao mercado nacional prevista para junho, o SEAT Tarraco e-HYBRID estará disponível em dois níveis de equipamento: Xcellence e FR. A versão Xcellence começa nos 47 678 euros. Já a FR, de caráter mais desportivo, arranca nos 49 138 euros.

Sabe responder a esta?
Em que ano foi apresentado o SEAT Ronda?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

Este SEAT Ronda foi usado como prova em tribunal. Porquê?

Mais artigos em Notícias