Venda

Porsche 911 RSR de Pablo Escobar está à venda por 1,8 milhões de euros

Conhecido como um dos maiores narcotraficantes da história, Pablo Escobar era também apaixonado por automóveis e chegou mesmo a correr com este Porsche 911 RSR.

O colombiano Pablo Escobar será sempre conhecido como um dos maiores narcotraficantes da história. No auge da sua operação chegou a faturar mais de 70 milhões de dólares por dia, altura em que foi considerado o sétimo homem mais rico do mundo. Mas paralelamente a tudo isto, Don Pablo era um amante de velocidade e chegou mesmo a ser piloto de automóveis, uma espécie de gentleman driver. E um dos carros com que correu foi o Porsche 911 RSR que aqui lhe mostramos.

Produzido para a primeira edição do IROC (International Race of Champions) — um campeonato que tinha como objetivo juntar os melhores pilotos do mundo em pista, com carros idênticos — e limitado a apenas 15 exemplares, este espetacular Porsche 911 RSR (chassis n.º 9114600100) começou por pertencer ao brasileiro Emerson Fittipaldi.

Equipado com um motor de 3.0 litros que debitava 315 cv de potência, este Porsche 911 acabou por trocar várias vezes de mãos durante os anos seguintes e participou em várias provas disputadas em solo norte-americano, a última das quais as 24 Horas de Daytona de 1978.

VEJA TAMBÉM: PORSCHE 911 TURBO S (650cv). Supercarro para TODOS OS DIAS, há melhor?
Porsche 911 RSR - PABLO ESCOBAR Atlantis Motor Group

Depois disso, o 911 RSR foi comprado por Pablo Escobar e rumou à Colômbia, onde foi modificado com um kit de carroçaria do Porsche 935 e participou em várias corridas com Escobar ao volante.

Terminada a campanha de Pablo Escobar como piloto, este Porsche 911 RSR acabou guardado num armazém até ao dia da morte do seu proprietário, em dezembro de 1993.

Depois de vários anos esquecido, este 911 acabou por recuperar a sua glória original nos Estados Unidos, onde foi restaurado “de fio a pavio” e retomou a sua aparência original.

VEJA TAMBÉM: Já conhecemos o novo Porsche 911 GT3 (992). Todos os detalhes

Agora, procura um novo proprietário e tendo em conta a sua história, pode vir a ser vendido por uma fortuna. O Atlantis Motor Group, responsável pela venda, está a pedir 2,2 milhões de dólares, qualquer coisa como 1,8 milhões de euros.

Porsche 911 RSR - PABLO ESCOBAR Atlantis Motor Group

O Atlantis Motor Group garante que este Porsche se faz acompanhar de documentação que atesta a veracidade de todo o seu percurso, mas os 362 km marcados no odómetro parecem não bater certo. Contudo, não há como contestar o facto de este 911 RSR ser um autêntico “pedaço” de história.

Sabe responder a esta?
Quanto tempo demorava a Audi RS2 a cumprir os 0-100 km/h?
Não acertou..

Mas pode descobrir a resposta aqui::

As carrinhas desportivas mais radicais de sempre: Audi RS2

Mais artigos em Notícias