Fórmula 1

Em terras de sua majestade, reina Hamilton? O que esperar do GP da Grã-Bretanha

Depois da Red Bull ter quebrado a hegemonia da Mercedes, as expetativas para o GP da Grã-Bretanha são altas. O que esperar da décima prova do campeonato?

O GP da Áustria foi palco, sem dúvida, de uma das mais emocionantes (e interessantes) corridas do campeonato do mundo de Fórmula 1 deste ano. Primeiro, porque foi uma corrida repleta de incidentes, segundo, porque pudemos assistir ao fim da hegemonia da Mercedes que se prolongava há oito (!) provas.

O obreiro desse feito foi Max Verstappen que aos comandos do seu Red Bull conseguiu, finalmente, obter uma vitória para outra equipa que não a Mercedes. Por falar na equipa alemã, o melhor que esta conseguiu na Áustria foi o terceiro lugar de Bottas atrás de Charles Leclerc. Já Hamilton ficou-se pelo 5º lugar, atrás de Vettel.

Face a esta quebra na hegemonia Mercedes, o GP da Grã-Bretanha surge como uma espécie de “prova dos nove”. Será que a quebra de rendimento da Mercedes se vai manter? Ou iremos voltar à monotonia que foram as primeiras oito provas do campeonato do mundo de Fórmula 1?

VÊ TAMBÉM: Valentino Rossi na Fórmula 1. A história completa

O Circuito de Silverstone

Depois de muita especulação acerca se o futuro da Fórmula 1 na Grã-Bretanha iria continuar a passar por Silverstone (chegou-se mesmo a afirmar que em 2020 a categoria rainha do automobilismo não iria lá), as dúvidas foram desfeitas e foi confirmado que, durante os próximos cinco anos, Silverstone vai continuar a receber a Fórmula 1.

Conhecido como “a casa do automobilismo britânico”, o Circuito de Silverstone já recebeu 54 das 70 edições do GP da Grã-Bretanha. A versão do circuito atualmente usada no Grande Prémio apresenta-se com 5,891 km de distância e 18 curvas.

VÊ TAMBÉM: Contámos mais de 20 botões num volante de um Fórmula 1. Para que servem?

Quanto aos pilotos mais bem sucedidos no GP britânico, Lewis Hamilton procura ultrapassar Jim Clark e Alain Prost com os quais partilha a liderança no número de vitórias (seis no total). Já no que diz respeito às pole position, o britânico procura a quinta seguida em Silverstone (no total conta com seis, mais do que qualquer outro piloto no GP da Grã-Bretanha).

O que esperar do GP da Grã-Bretanha?

Numa altura em que já existem resultados da primeira sessão de treinos livres, a grande surpresa é o facto de Pierre Gasly, da Red Bull, ter conseguido o melhor tempo. Ainda assim, os Mercedes andam próximos do topo com os Bottas e Hamilton a conseguirem, respetivamente os 2º e 4º tempos.

Por falar em Hamilton, o britânico pelo facto de estar a correr em casa, quererá regressar ao pódio depois de na Áustria ter ficado arredado dos três primeiros lugares pela primeira vez esta época. No entanto, depois de ter quebrado a hegemonia Mercedes, é bem provável que Verstappen vá à procura de repetir a façanha.

Já quanto à Ferrari, a equipa italiana já se mostrou pessimista em relação à prova britânica, assumindo que o traçado de Silverstone não é o mais adaptado às características do seu monolugar. Como que a provar que os receios não são infundados, Leclerc e Vettel só conseguiram, respetivamente os 5º e 6º tempos na primeira sessão de treinos.

VÊ TAMBÉM: Sir Jack Brabham: um dos grandes

Quanto ao pelotão, a McLaren pode voltar a surpreender após Lando Norris e Carlos Sainz Jr. já terem revelado bom ritmo (e a equipa ter apresentado sérias melhorias) enquanto na Renault, Ricciardo teme poder haver algo fundamental de errado no monolugar.

No final do pelotão, a Haas, para surpresa de muitos, cada vez revela menos ritmo e vê até a Williams aproximar-se. Já a Racing Point, Toro Rosso e Alfa Romeo deverão, à partida, lutar entre si para tentarem capitalizar algum azar das equipas da dianteira e aproximarem-se dos pontos.

VÊ TAMBÉM: MINI John Cooper Works GP já roda abaixo dos oito minutos no Nürburgring

O GP da Grã-Bretanha tem começo marcado para as 14h10 (hora de Portugal continental) de domingo, sendo que para amanhã à tarde, a partir das 14h00 (hora de Portugal continental) está marcada a qualificação.

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos