Tecnologia

Mais um PIN para decorar. Tesla introduz código pessoal para conduzir

É o PIN do Multibanco, do telemóvel, e até mesmo do acesso a casa e do cofre. Se andas de Tesla, prepara-te para memorizar mais um.

Denominado “PIN to Drive”, este novo dispositivo de segurança visa, segundo a marca norte-americana, reforçar a defesa dos modelos Tesla contra possíveis situações de roubo ou acesso indevido aos carros.

O novo sistema de segurança impedirá que qualquer pessoa possa colocar o carro em funcionamento ou circular, antes de inserir o PIN pessoal do proprietário no ecrã do sistema de info-entretenimento.

O dono da viatura pode, no entanto e a qualquer momento, alterar este código, acendendo aos menus dos controlos ou dos sistemas de segurança, no próprio carro.

Introduzir ou alterar o PIN , promete ser um processo fácil para o proprietário do Model S. Pelo menos, se depender da dimensão do ecrã.
RELACIONADO: 643 000 km em três anos num Tesla Model S. Zero emissões, zero problemas?

A nova tecnologia não implica, por outro lado, a obrigatoriedade do proprietário do veículo passar num concessionário oficial, já que faz parte de uma das muitas atualizações que a Tesla disponibiliza via wireless.

No caso do Model S, o “PIN to Drive” faz parte das atualizações disponibilizadas pela Tesla para o sistema de ciptografia da chave, ao passo que, no Model X, integra a tecnologia standard.

Tesla Model X
Ao contrário do Model S, o Tesla Model X contará com o sistema “PIN to Drive” como parte do equipamento de série
RELACIONADO: Jaguar I-Pace desafia Tesla Model X 100D e P100D. Para vencer?

Embora para já disponível apenas nestes dois modelos, o “PIN to Drive” deverá fazer igualmente parte, no futuro, do compêndio tecnológico do Model 3.

Sabes responder a esta?
Qual é o preço de entrada em Portugal da versão mais acessível do Mercedes-AMG GT 4 portas?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Mercedes-AMG GT 4 portas. Este é o preço das versões mais potentes

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos