Apresentação

Peugeot 508 SW. Carrinha chega no início do próximo ano

Poucos meses depois da apresentação da berlina, a Peugeot dá a conhecer a versão SW do novo Peugeot 508 — atlética, tecnológica, e a prometer funcionalidade e prazer de condução.

Concorrente no há muito alemão segmento D, a nova geração da carrinha Peugeot 508 vai buscar a sua inspiração ao mundo das shooting brake. Apostando numa silhueta baixa e dinâmica, um estilo incisivo, assim como numa elegância atlética, para singrar num segmento que, só na Europa, vale um milhão e quatrocentos mil unidades por ano.

Procurando aproveitar o facto de, apesar do crescimento dos SUV, um em cada três veículos vendidos neste segmento ser uma break, a nova 508 SW aposta numa altura semelhante à da berlina (1,42 m), ou seja, quase menos 6 cm que a geração anterior, com um comprimento de 4,78 m (+3 cm que a berlina), acentuado por uma linha de tejadilho baixa e alongada.

A par de uma frente afirmativa, mercê também da presença de óticas Full LED e assinatura visual vertical, igualmente em LED, pormenores como as portas sem moldura, pneus a procurar preencher na perfeição as cavas das rodas, e o fim da antena no tejadilho, substituída por um tratamento em serigrafia.

Na traseira, luzes Full LED tridimensionais, duas duplas saídas de escape cromadas e um portão da bagageira, que pode ser motorizado.

Com uma capacidade de 530 l até à chapeleira escamoteável (-30 l que na anterior geração), a bagageira tem um piso mais baixo (-6 cm) e mais largo (2,4 cm) que na berlina, além de contar com um banco traseiro rebatível 2/3-1/3, com função Magic Flat, o qual permite elevar a capacidade disponível até aos 1780 l.

RELACIONADO: Peugeot 508. Berlina ou “coupé” de quatro portas?

Maior conforto e qualidade

Já no interior do habitáculo, a mais recente reinterpretação do conhecido Peugeot iCockpit, com volante compacto revestido a couro, revestimentos em carbono ou madeira natural em função dos níveis de equipamento, e um comando da caixa automática de funcionamento elétrico por impulsos.

A este acresce depois bancos dianteiros envolventes e ergonómicos com certificação AGR e cinco programas de massagem multiponto, além de revestidos a Alcantara ou couro Nappa, vários espaços de arrumação e, nos lugares traseiros, bancos com costas inclináveis a 27 graus, para maior conforto — garantido igualmente através de um aumento interno de 4 cm em altura, assim como da inclusão de um teto de abrir panorâmico com ampla superfície vidrada.

Mais ajudas à condução

Relativamente ao equipamento, além de um sistema de som Hi-Fi desenvolvido pela FOCAL, um amplo conjunto de ajudas à condução de última geração, algumas delas novidade na gama do construtor, como é o caso do sistema de visão noturna, Cruise Control adaptativo com função Stop&Go (com caixa automática EAT8), ajuda à manutenção na faixa de rodagem, Full Park Assist, faróis Full LED com iluminação estática em curva e óticas traseiras com intensidade luminosa adaptativa.

Condução “única e instintiva”

Prometendo o melhor do savoir-faire dos engenheiros do Grupo PSA, mas também “o equilíbrio certo entre dinamismo, conforto e segurança”, a nova Peugeot 508 SW tem por base a plataforma EMP2, sinónimo de uma redução de peso de 70 kg face à geração anterior.

A par desta opção, soldadura da carroçaria reforçada com 24 m de cola estrutural, implantação de um berço dianteiro filtrado e de uma suspensão traseira independente multi-braços, de amortecimento variável e pilotada (de série nas versões GT), além da generalização da nova caixa de velocidades automática de oito relações.

A gasolina e Diesel… e um híbrido a caminho

Como motorizações, duas versões do mesmo 1.6 PureTech a gasolina, com 180 e 225 cv, acrescidas de mais quatro propostas Diesel: 1.5 BlueHDi de 130 cv com caixa manual de seis velocidades e automática de oito, e 2.0 BlueHDi de 160 e 180 cv, ambos com caixa automática. Todos eles já homologados segundo a norma Euro 6.2 TEMP, apesar desta só entrar verdadeiramente em vigor em janeiro de 2020, e com emissões de CO2 que, garante o fabricante, são best in class e já de acordo com o protocolo WLTP.

Para o segundo semestre de 2019, está desde já agendada a introdução de uma versão a gasolina Híbrida Plug-In, com uma autonomia em modo 100% elétrico de 50 km.

Peugeot 508 SW chega em janeiro

Produzido, tal como a berlina, na fábrica de Mulhouse, em França, a nova Peugeot 508 SW vai ser oficialmente apresentada durante o próximo Salão Automóvel de Paris, em outubro, seguindo-se o início da comercialização na Europa, prevista para janeiro de 2019.

Sabes responder a esta?
Quando é que o novo BMW X5 inicia comercialização na Europa?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

BMW X5. Nova geração chega em novembro repleta de tecnologia

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos