Há uma relação entre a música e o prazer de conduzir?

O que motiva uma marca de automóveis a criar uma ligação tão íntima com a música e a arte? Fomos a Barcelona e ao Porto à procura de respostas.

Há mais vida para além do automóvel, e a SEAT sabe disso. A marca espanhola quer por isso oferecer mais «vida» aos seus clientes, aliando a música e as artes à sua génese.

São preocupações que estão hoje, mais do que nunca, no ADN da SEAT e foi na fábrica da marca espanhola em Martorell, que encontramos o primeiro compromisso com estes valores.

Ligação à música começa nos seus modelos

O prazer de condução não começa nem acaba, exclusivamente, nas características dinâmicas do automóvel. É por entender que o prazer de conduzir está intimamente ligado à possibilidade de ouvirmos ou estarmos ligados às pessoas e às músicas que gostamos, que a SEAT tem hoje uma equipa especializada em Áudio e Sistemas de Infoentretenimento.

SEAT Ibiza e SEAT Arona Beats

Já lá vai o tempo em que perdíamos horas a ler os folhetos das cassetes para decorar as letras durante a viagem, ou tínhamos de virar a cassete para ouvir o lado A ou lado B. Se esse sentimento nostálgico pertence ao passado, hoje a experiência de áudio a bordo de um automóvel está num nível de imersão completamente diferente.

“O nosso objetivo é equilibrar todos os elementos, para obter o melhor som possível a bordo”, conta-nos José Luis Álvarez, Engenheiro no Departamento de Infoentretenimento da SEAT, enquanto nos convida a entrar no seu estúdio, na fábrica da SEAT em Martorell.

Adrián Mateo mostra-nos como é possível neste estúdio, na fábrica de Martorell, chegar a um resultado final perfeito.

Viajámos até Barcelona para conhecer uma versão específica dos modelos Ibiza e Arona ainda mais vocacionada para os audiófilos.

A versão Beats estreita a ligação da SEAT à marca de sistemas de som de alta fidelidade, passando a materializar-se também ao nível do design dos elementos interiores e exteriores. Esta versão especial do Ibiza e do Arona foi apresentada à margem do Primavera Sound Barcelona.

Apesar desta versão Beats não ser comercializada no mercado português, é possível encomendar em Portugal, desde o lançamento destes modelos, um SEAT Ibiza ou SEAT Arona com o mesmo sistema de som da Beats Audio.

O nosso objetivo principal é obter um som o mais natural possível.

Adrián Mateo, engenheiro de Áudio na SEAT.

Dos automóveis para os festivais

Na Invicta encontramos um Primavera Sound diferente. Deixamos para trás o aspeto mais industrial do festival em Barcelona, para sermos dominados pelo verde do Parque da Cidade do Porto. Um cenário relaxado, em contacto com a natureza. Por aqui passarão 90 mil pessoas nos três dias do festival.

NOS Primavera Sound
Ano de estreia
2012
Afluência
90.000

A SEAT transporta o mesmo empenho e importância que dá à música nos seus modelos para a SEAT Village do NOS Primavera Sound. Com a iniciativa DJ Your Name, qualquer pessoa pode escolher a música que se ouve no lounge da SEAT.

Outra das atrações deste primeiro ano da SEAT no NOS Primavera Sound é o mural pintado pela artista portuense Wasted Rita, que terminou uma obra composta por seis painéis iniciada no Primavera Sound Barcelona por artistas internacionais.

Entrevista

À margem do NOS Primavera Sound falámos com Teresa Lameiras, Diretora de Marketing e Comunicação da marca espanhola em Portugal. Há mais de 15 anos na SEAT Portugal, faz parte do grupo de fundadores da representação da marca no nosso país.

Teresa Lameiras, Diretora de Marketing e Comunicação da SEAT Portugal. © Razão Automóvel

Uma marca de automóveis ligada à música e à arte. Porquê?

Os automóveis fazem parte da nossa vida e nós achamos que as marcas devem transmitir aquilo que elas são, o seu ADN, o que as diferencia, para serem verdadeiras marcas de automóveis com valores e não apenas uma máquina. A SEAT está há muito tempo ligada à música, já apoiámos artistas portugueses como o Rui Veloso, André Sardet, João Pedro Pais, Aurea, D.A.M.A. e, internacionalmente, a Shakira. Atualmente, apoiamos os Amor Electro.Também marcamos presença no festival de música Lisb-On, um festival urbano de música eletrónica com influência blues, estamos nas Festas do Mar, em Cascais, um festival gratuito e que reúne meio milhão de pessoas em 10 dias e agora estamos, de uma forma diferente, num festival que tem outro mood e muita afinidade connosco, o NOS Primavera Sound. É a primeira vez em Portugal, mas já apoiamos desde 2017 o Primavera Sound Barcelona.

Teresa Lameiras
Diretora de Marketing e Comunicação da SEAT Portugal. Conduz um SEAT Alhambra, gosta da versatilidade que oferece. Vai trocar por um SEAT Tarraco. Adora clássicos. Tem um SEAT 600, único em Portugal e um Carocha Cabrio Karmann de 1974.

A nível nacional, desde o Ateca que temos uma parceria com o Vhils, que inicialmente iniciámos com a Solid Dogma, e cujo resultado deverá ser revelado quando abrir o primeiro Museu de Arte Moderna e Urbana em Cascais.

Na SEAT Village podemos escolher a música que anima o lounge, através da iniciativa DJ Your Name, e admirar a produção de um mural de arte urbana. O que é que está a ser pintado?

Somos uma marca que aposta muito numa comunicação alegre, apelando a que cada pessoa aproveite o melhor da sua vida, que seja dono do seu destino. Esse é o espírito que passamos na SEAT Village. À cor e à música, juntamos a arte e achamos que a nossa relação próxima ao design, também tem uma ligação à arte urbana. O que estamos a fazer é a completar o sexto de uma série de painéis, um projeto iniciado em Barcelona, que compõem um mural pintado por artistas de nacionalidades diferentes. Em Portugal, a portuense Wasted Rita vai produzir o último painel, onde estará a visão da artista sobre a presença da SEAT no NOS Primavera Sound 2018.

O palco SEAT recebeu dezenas de artistas durante os três dias do NOS Primavera Sound 2018. © Razão Automóvel

O que é que a marca espera destes dois anos de NOS Primavera Sound?

A marca quer aproximar-se mais do seu público, estar próxima daqueles que são os seus clientes. Nós vivemos um bom momento de produto. Crescemos 28%, temos uma boa gama ao nível da oferta SUV, com o Ateca, o Arona e, no final do ano, o lançamento de um SUV de 7 lugares, o Tarraco. Não só queremos estar perto do nosso público com produto, mas também comunicarmos o que é a nossa marca, estabelecendo uma relação próxima e um gosto pela marca que nos faz sentir confortáveis e orgulhosos com a nossa escolha.

 

Este conteúdo é patrocinado porSEAT