Que desperdício!

Ford Focus RS destruído em nome da qualidade e fiabilidade

Já sabemos que é comum, mas não deixa de impressionar. Este Ford Focus RS de pré-produção, "novinho em folha", vai de encontro ao seu criador.

Sabemos que são veículos de pré-produção, usados para testes e os mais variados controlos de qualidade. São usados em apresentações estáticas e dinâmicas. Sabemos que não atingem os parâmetros de qualidade impostos pela marca para os colocar no mercado. E sabemos qual o fim que lhes está destinado.

Mas mesmo assim custa ver a sua destruição, sobretudo tratando-se de máquinas tão especiais como o Ford Focus RSPrincipalmente quando também sabemos que são automóveis perfeitamente funcionais, que aguentaram os rigores de testes internos ou até de uma apresentação internacional — os jornalistas abusam destes carros.

Já não é a primeira vez que nos debruçámos sobre este tema — os Honda Civic Type-R que tão bem serviram o seu propósito em circuito durante a sua apresentação foram totalmente destruídos (ver destaque).

Desperdício de recursos

Podemos ver no filme um Ford Focus RS a ser levado por um guindaste até à prensa mais próxima, e logo a seguir uma Focus ST carrinha toma o seu lugar, a caminho do mesmo fim. Não será um enorme desperdício de recursos?

Vivemos tempos conturbados — quando é que não são —, com discussões acaloradas sobre emissões, qualidade do ar e aquecimento global. Mas e isto? Não será também um pecado ambiental? Os automóveis são consumidores intensivos de recursos, pelo que tudo deve ser feito para reduzir o seu impacto. Não podemos apenas focar no que sai do tubo de escape.

A BMW tem um Centro de Reciclagem e Desmantelamento, que lida com estes modelos de testes e pré-produção. Sempre parece um fim mais apropriado do que o que vemos para este Focus RS, que aparenta apenas ir transformar-se num fardo de metal e plástico.

Não seria possível aproveitar algumas peças? Ou até recondicioná-las?  Compreende-se os receios da marca em colocar estes carros no mercado — mesmo vendidos com descontos generosos e até um alerta sobre a sua proveniência poderia originar um sem número de problemas com os seus proprietários.

Mas e se pudéssemos encontrar um uso alternativo para estas máquinas? Mesmo proibidos de circular na estrada, poderiam servir como carros para trackdays, servir de base para algumas competições amadoras ou até para escolas de condução desportiva.

O potencial está lá em reduzir o desperdício que parece ser a breve existência destas máquinas.

Ford Focus RS test car getting crushed…..

Publicado por C a r S o c i e t y em Terça-feira, 5 de Dezembro de 2017

Sabes responder a esta?
O Ford Mustang vem equipado com um motor Ecoboost. Qual a cilindrada e número de cilindros?
Não acertaste.

Mas podes descobrir a resposta aqui:

Ford Mustang. “Pony car” atualizado para 2018.

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos

Pub