Mullheres

Dia da Mulher: as mulheres no desporto automóvel

Hoje, dia 8 de março, comemora-se o Dia da Mulher. Para assinalar esta data recordamos algumas das pilotos que têm feito história num desporto dominado pelos homens (por enquanto…).

Corajosas, talentosas e rápidas. As mulheres no desporto automóvel, ao contrário dos homens, têm dois adversários: os rivais em pista, e o preconceito fora das linhas brancas.

A verdade é que ao longo dos tempos as mulheres têm vindo a afirmar-se com vitórias, boas prestações e muito talento.

Relembramos alguns dos maiores prodígios femininos do desporto automóvel nas mais variadas disciplinas: velocidade, resistência e todo o terreno.

RELACIONADO: 11 carros de estrada com motores de carros de competição

Maria Teresa de Filippis

Maria Teresa de Filippis 1

Foi a primeira mulher na Fórmula 1, participou em cinco Grandes Prémios e venceu provas ao mais alto nível no campeonato de velocidade italiano. Maria Teresa de Filippis começou a correr aos 22 anos depois dos seus dois irmãos lhe terem dito que ela não sabia guiar depressa. Como estavam enganados…

RELACIONADO: Maria Teresa de Filippis: a primeira piloto de Fórmula 1

Lella Lombardi

Lella Lombardi

Até hoje, a única mulher a pontuar na Fórmula 1. A piloto italiana participou em 12 Grandes Prémios na prova rainha do automobilismo entre 1974 e 76, tendo mais tarde competido também em NASCAR no circuito de Daytona.

RELACIONADO: Valentino Rossi na Fórmula 1. A história completa

Michele Mouton

Michele Mouton

Eventualmente, a melhor piloto de sempre. Ganhou quatro ralis e por pouco não se sagrou Campeã Mundial de Ralis em 1982 — perdeu para um senhor chamado Walter Röhrl . Pelo meio ainda foi à Pikes Peak International Hill Climb ganhar a prova e bater um recorde absoluto. Sir Stirling Moss classifica-a como “um dos melhores”, independentemente do sexo.

RELACIONADO: Michèle Mouton: coragem e talento a mais de 200km/h

Jutta Kleinschmidt

Gigi Soldano

Ganhou a prova mais dura do mundo em 2001: o Rali Dakar. Embora não tivesse o carro mais rápido, Kleinschmidt conseguiu deixar para trás todo o pelotão e vencer a prova. A piloto alemã atribuiu a sua vitória à fiabilidade do seu Mitsubishi Pajero, à sua navegação isenta de erros e ao facto de não ter cometido excessos na condução. Uma vitória histórica.

RELACIONADO: Mitsubishi Pajero Evolution. Feito para vencer, literalmente.

Sabine Schmitz

Sabine Schmitz

É das pilotos mais conhecidas da atualidade. A “Rainha do Nürburgring” é piloto, estrela de televisão e tem um talento fora do vulgar. Vejam como Schmitz dobra tantos pilotos em tão pouco tempo. Nunca é demais referir que já ganhou as exigentes 24 Horas do Nürburgring… duas vezes!

RELACIONADO: Sabine Schmitz sabe o nome de todas as curvas do Nürburgring. E tu?

Maria de Villota

maria de villota

Dona de um talento natural, Maria de Villota faleceu em 2013 (com 33 anos de idade) em virtude de lesões contraídas num acidente que a deixou cega de um olho e com várias lesões na face.

Antes de assinar como piloto de testes da Marussia, Villota correu no Campeonato Espanhol de Fórmula 3 e nas 24 Horas de Daytona. O seu primeiro teste num Fórmula 1 foi para a equipa Renault e a sua rapidez impressionou tudo e todos, inclusive Eric Boullier, o team manager da equipa francesa.

RELACIONADO: Quando os carros “voavam” na Fórmula 1

Danica Patrick

Danica Patrick

Talvez a mulher mais competitiva da atualidade no desporto motorizado. Patrick foi a primeira mulher a ganhar uma corrida de IndyCar (Indy Japan 300 em 2008), a cinco segundos do segundo classificado, o piloto Helio Castroneves. No seu longo currículo, coleciona várias poles e podiums tanto em IndyCar como em NASCAR.

RELACIONADO: Americanos promovem a NASCAR de forma épica

Susie Wolff

Susie Wolff

Desde 2012 que era piloto de testes da Williams, mas em novembro de 2015 Susie Wolff abandonou a competição. Para trás fica uma carreira onde por diversas vezes ficou à frente de nomes como Lewis Hamilton, Ralf Schumacher, David Coulthard ou Mika Häkkinen. Está tudo dito não está?

Carmen Jordá

Carmen Jordá

Aos 27 anos de idade, Carmen Jordá é uma das pilotos mais rápidas no ativo, juntamente com Danica Patrick. Após várias experiências em GP3, LMP2 e Indy Lights series, Jordá foi anunciada como piloto de testes da Lotus em 2015 e posteriormente na Renault em 2016.

RELACIONADO: Lotus Mark I. Onde está o primeiro Lotus construído pelo seu fundador?

Elisabete Jacinto

elisabete jacinto

Os últimos são sempre os primeiros? Não nos podíamos esquecer da nossa Elisabete Jacinto. Patriotismos à parte, Elisabete Jacinto tem sabido impor-se no panorama mundial como uma das melhores pilotos todo-o-terreno da atualidade. Começou a carreira nas duas rodas e hoje dedica-se aos camiões — todos os detalhes da sua carreira.

Este ano (2019) somou mais uma importante vitória ao seu currículo: a vitória histórica nos camiões da Africa Eco Race.

RELACIONADO: Vitória histórica. Elisabete Jacinto vence o Africa Eco Race

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos