Recharge No modo Recharge está a reduzir a sua pegada ecológica.

Obrigado por guardar energia para o que mais importa.

Uma iniciativa
x

Recharge

Estamos a guardar energia para o que mais importa.

Quanto ganham os pilotos de Fórmula 1?

Fiquem a saber quanto ganham as estrelas da Fórmula 1.

Viajar por destinos exóticos, pilotar os carros mais rápidos do planeta, entrar nas festas e nos eventos mais exclusivos e ainda por cima, ser pago por isso! Em breves palavras, está apresentada a fantástica vida de um piloto de Fórmula 1.

Por momentos vamos esquecer a parte com menos «glamour», como por exemplos os treinos, as dietas controladas ou os riscos de vida. Vamos centrar-nos apenas nos aspectos positivos. E um dos aspectos mais positivos é sem dúvida o ordenado. Na lista publicada mais abaixo fiquem a saber quanto é que ganha cada piloto de Fórmula 1 por ano. Isto claro, contando «apenas» o contrato com as equipas de Fórmula 1 e deixando de fora os contratos com os patrocinadores pessoais…

Salários dos pilotos de Fórmula 1: 

1. Fernando Alonso (Ferrari): 20 milhões
2. Lewis Hamilton (Mercedes): 20 milhões
3. Jenson Button (McLaren): 16 milhões
4. Sébastian Vettel (Red Bull): 12 milhões
5. Nico Rosberg (Mercedes): 11 milhões
6. Mark Webber (Red Bull): 10 milhões
7. Felipe Massa (Ferrari): 6 milhões
8. Kimi Räikkönen (Lotus): 3 milhões
9. Sergio Perez (Mclaren): 1,5 milhões
10. Romain Grosjean (Lotus): 1 milhão
11. Pastor Maldonado (Williams): 1 milhão 
12. Nico Hulkenberg (Sauber): 1 milhão
13. Valteri Bottas (Williams): 600 mil euros 
14. Jules Bianchi (Marussia): 500 mil euros
15. Adrian Sutil (Force India): 500 mil euros 
16. Paul di Resta (Force India): 400 mil euros
17. Jean Eric Vergne (Toro Rosso): 400 mil euros 
18. Daniel Ricciardo (Toro Rosso): 400 mil euros
19. Esteban Gutiérrez (Sauber): 200 mil euros 
20. Charles Pic (Caterham): 150 mil euros
21. Guiedo van der Garde (Caterham): 150 mil euros

Estes dados divulgados pelo jornal espanhol «Marca» foram publicados pela «Business Book GP», publicação que anualmente divulga os salários dos pilotos de Fórmula 1.

Texto: Guilherme Ferreira da Costa