Um novo Camaro com uma longa história

A chegada do Chevrolet Camaro a Portugal, em 2011, trouxe alegria a todos os aficionados de automóveis que acompanharam a longa história deste lendário “muscle car” americano.

O Chevrolet Camaro foi introduzido no mercado americano nos anos 60, e teve entretanto 4 versões até fechar a produção em 2002. Acontecimento, que deixou muito boa gente com o coração despedaçado, pois a esperança de ver ressurgir das cinzas uma nova geração do Camaro eram diminutas. Apesar do vaticínio, em 2007 um belíssimo novo modelo de fazer crescer água na boca exibiu-se no blockbuster Transformers.

O filme realizado por Michael Bay, protagonizado por Shia Labouf e Megan Fox e baseado no famoso Comics da Marvel, ilustra a batalha entre dois tipos de extraterrestres, os bonzinhos Autoboots e os vilões Decepticons, que vieram ao planeta Terra procurar um talismã que lhes daria um poder incomensurável. Ora estes extraterestres são como que robots gigantes capazes de se transformarem na máquina que lhes apetece. A lutar pelos bons da fita temos uma das personagens principais, o Bumblebee, encarnado nada mais nada menos, do que pela estrela Chevrolet Camaro.

Numa sequência do filme o Chevrolet Camaro de 1976 transforma-se num Chevrolet Camaro Concept 2009. Este carro foi construído de propósito para o filme a partir do protótipo exibido pela primeira vez no Auto Show Norte Americano de 2006, muito antes do novo Camaro entrar em produção, e a antecipar a chegada da sua quinta geração ao mercado Americano em 2009.

Uma forte campanha de marketing como esta nem sempre é o suficiente para que se venda carro, tendo em conta a crise imobiliária dos Estados Unidos que teve consequências negativas na indústria automóvel. No entanto, o Chevrolet Camaro chegou-nos a Portugal em 2011 com a popularidade de vendas das suas primeiras versões, sendo um dos poucos carros a não sofrer com a recessão, desde a sua produção em Março de 2009.

Apesar da longevidade da sua história este Chevrolet Camaro é um carro novo, que homenageando e referenciando o seu passado, se mostra com um design absolutamente moderno. Um automóvel com o carácter e o desempenho que se exigem de um desportivo potente, e a economia que se espera de um carro dos dias de hoje.

Mais artigos em Notícias

Os mais vistos