Volkswagen a «todo o gás». Conhece os planos da marca alemã

Na sua conferência anual, a Volkswagen decidiu levantar a «ponta do véu» sobre os novos modelos que estão para chegar.

Se o tema forte desta conferência anual andou à volta do plano Transform 2025+, com foco nos veículos híbridos e elétricos, a Volkswagen não se inibiu em revelar os seus planos para um futuro bastante mais próximo.

A marca alemã deu a conhecer os novos modelos que serão apresentados ainda durante este ano. No total, incluindo os que já foram apresentados, a Volkswagen colocará este ano no mercado cerca de 10 novos modelos a nível global.

Alguns deles já são conhecidos. No início do ano a marca alemã deu a conhecer, para o mercado norte-americano, o Atlas, um SUV de grandes dimensões (5.0 metros de comprimento), com capacidade para sete lugares. Continuando na temática SUV, e também com sete lugares, já vimos o Tiguan AllSpace.

A América do Sul recebeu, entretanto, o facelift do up!. Regressando à Europa, a Volkswagen apresentou o Arteon no Salão de Genebra. O sucessor do Passat CC assume-se como o atual topo de gama da marca, posicionando-se acima do Passat.

2017 Volkswagen Arteon

T-Roc produzido em Portugal em destaque

Até ao final do ano ainda serão apresentados mais seis modelos. A começar já em junho com a apresentação de nova geração do Volkswagen Polo. O utilitário é fruto da nova plataforma MQB A0 (estreada pelo Seat Ibiza), o que deverá traduzir-se em cotas internas superiores.

2017 Volkswagen T-Roc protótipo de testes

O mês de agosto dará a conhecer o crossover T-Roc (em cima), baseado no Golf, sendo talvez a novidade da marca alemã mais importante do ano. Não só apresenta a tipologia que mais sucesso garante aos construtores na atualidade, como assume particular destaque para nós, portugueses, já que será produzido na Autoeuropa, em Palmela.

Será também em agosto que o mercado chinês conhecerá a versão PHEV do Phideon, a berlina de luxo que substituiu o Phaeton naquele mercado.

2017 Volkswagen Phideon GTE

Saltamos para novembro, altura que a Volkswagen dará a conhecer o Virtus, uma berlina pequena, derivada do Polo, com destino ao mercado sul-americano.

Nesse mesmo mês, a Europa conhecerá o sucessor do Touareg, a proposta mais luxuosa da marca no campo dos SUV. A sua divulgação poderá ser antecipada para o Salão de Frankfurt, em setembro.

O final do ano ficará reservado para a apresentação de um novo Jetta, uma berlina mais pequena que o Passat, com destino ao mercado norte-americano.

19 novos SUV e crossovers

Se contarmos apenas com modelos 100% novos, quase metade são SUV e crossovers. A crescente predominância deste tipo de modelos é para continuar, com a Volkswagen a anunciar o lançamento de 19 novas propostas nesse sentido.

2016 Volkswagen T-Cross Breeze

Não existem confirmações definitivas sobre quais serão as novas propostas e se estas incluem ou não as outras marcas do grupo. No entanto, uma das propostas já sabemos que está a caminho. Chama-se T-Cross Breeze, um concept que revela um crossover descapotável. Foi apresentado em 2016 e dará origem a um modelo de produção com base no novo Volkswagen Polo. E de certeza que não será descapotável.

A NÃO PERDER: A Razão Automóvel precisa de ti

Para um futuro mais distante, em 2020, assistiremos à chegada da nova geração de elétricos da marca, assente sobre a plataforma dedicada MEB, começando com a versão de produção do concept I.D.

2016 Volkswagen I.D.

Segue a Razão Automóvel no Instagram e no Twitter

Pub