Este conteúdo é patrocinado porVolkswagen

Novo Golf

Volkswagen Golf. As principais novidades da geração 7.5

Internamente a marca alemã chama-lhe «geração sete e meio», mas nada ficou pela metade neste renovado Volkswagen Golf.

A Volkswagen está determinada em continuar de «pedra e cal» na liderança do segmento C. Desde a primeira geração até agora, todos os anos cerca de um milhão de pessoas decidem comprar um Golf.

É o modelo mais vendido na Europa – um dos mercados mais exigentes a nível mundial. E porque as lideranças não acontecem por acaso, a Volkswagen operou uma pequena revolução silenciosa no Golf para este ano.

SABIAS QUE? a cada 40 segundos, é produzido um novo Volkswagen Golf.

Porquê silenciosa? Porque esteticamente as mudanças foram subtis – apostar na continuidade do design é um dos motivos pelos quais o Golf tem um dos melhores valores residuais do segmento.

Algumas das alterações dizem respeito aos novos para-choques dianteiro e traseiro, novos faróis de halogéneo com luz de condução diurna em LED, novos faróis Full LED (de série nas versões mais equipadas), que substituem os faróis de xénon, novos guarda-lamas e novos faróis traseiros em Full LED de série para todas as versões do Golf.

As novas jantes e as cores completam a atualização do desenho exterior.

Já no que diz respeito às tecnologias e motorizações, a conversa é outra… é quase um modelo novo. A marca de Wolfsburgo equipou o novo Golf com a mais recente tecnologia do grupo. O resultado vão poder conhecer ao detalhe nas próximas linhas.

O mais tecnológico de sempre

Um dos gadgets mais interessantes do novo Volkswagen Golf é o sistema de controlo por gestos. Pela primeira vez neste segmento existe a possibilidade de controlar o sistema de rádio sem tocar em nenhum comando físico.

Este sistema “Discover Pro” recorre a um ecrã de alta resolução com 9,2 polegadas, que funciona em parceria com o novo mostrador 100% digital “Active Info Display” da Volkswagen – outra das novidades deste Golf 7.5.


Ao mesmo tempo, foi aumentada a oferta de serviços online e as App disponíveis a bordo.

SABIAS QUE? O novo Golf é o primeiro compacto do mundo com sistema de controlo por gestos.

Das novas App disponíveis, a mais «fora da caixa» é a nova aplicação “DoorLink”. Graças a esta aplicação – desenvolvida por uma start-up apoiada pelo Grupo VW – o condutor pode visualizar em tempo real quem está a tocar à campainha da sua casa e abrir a porta.


Ainda que muitas destas funcionalidades só estejam disponíveis com o sistema “Discover Pro”, houve uma preocupação da Volkswagen em ampliar o equipamento de todas as versões.

SABIAS QUE? o sistema Emergency Assist deteta se o condutor está incapacitado. Caso essa situação seja detetada o Golf inicia automaticamente a imobilização do veículo em segurança.

O modelo base – o Golf Trendline – passa a oferecer de série o novo sistema de infotainment “Composition Colour” com um ecrã a cores de alta resolução com 6,5 polegadas, sistema “Auto Hold” (assistente de arranque em subida), diferencial XDS, ar condicionado, sistema de deteção de fadiga, volante multifunções, punho da alavanca de velocidades em couro, novos faróis traseiros em LED, entre outros equipamentos.

Clica aqui  para ir para o configurador do modelo.

O primeiro Golf com sistemas de condução autónoma

Além das novidades em termos de conectividade, o “novo” Volkswagen Golf oferece também um novo leque de sistemas de auxílio à condução – algumas delas inéditas no segmento.

Sistemas como o ABS, ESC e, posteriormente, outros sistemas de auxilio à condução (Front Assist, City Emergency Braking, Cruise Control Adaptativo, Park Assist, entre outros) passaram a ser características comuns para milhões de pessoas graças às várias gerações do Golf.

novo volkswagen golf 2017 condução autónomaPara 2017, a estes sistemas soma-se agora o Traffic Jam Assist (sistema de assistência em filas de trânsito) que é capaz de conduzir de forma semiautónoma até aos 60 km/h no tráfego urbano.

SABIAS QUE? A versão 1.0 TSI do Golf é tão potente quanto a primeira geração do Golf GTI.

Nas versões mais equipadas, podemos ainda contar com o novo sistema de deteção de peões para o “Front Assist” com função de travagem de emergência em cidade, o assistente de reboque “Trailer Assist” (disponível em opção), e pela primeira vez nesta categoria o “Emergency Assist” (opção para transmissão DSG).

novo volkswagen golf 2017 assistência à condução

O Emergency Assist é um sistema que detecta se o condutor está incapacitado. Caso essa situação seja detetada o Golf inicia várias medidas para tentar “despertá-lo”.

Se estes procedimentos não resultarem, as luzes de advertência de perigo são ativadas e o Golf executa automaticamente ligeiras manobras com a direção para alertar os outros condutores desta situação de perigo. Finalmente, o sistema trava o Golf progressivamente até uma imobilização total.

Novo leque de motorizações

A digitalização progressiva do Volkswagen Golf nesta atualização foi acompanhada pela modernização das motorizações disponíveis.

Nas versões a gasolina destacamos a estreia do novo motor turbo a gasolina 1.5 TSI Evo. Uma unidade de 4 cilindros com sistema de gestão de cilindros ativa (ACT), 150 Cv de potência e turbo de geometria variável – uma tecnologia que atualmente só está presente nos Porsche 911 Turbo e 718 Cayman S.

Graças a este manancial tecnológico, a Volkswagen reclama valores muito interessantes: o binário máximo de 250 Nm está disponível desde as 1.500 rpm. O consumo (em ciclo NCCE) das versões com caixa manual é de apenas 5,0 l/100 km (CO2: 114 g/km). Valores que descem para os 4,9 l/100 km e 112 g/km com a transmissão DSG de 7 velocidade (opcional).

Além do 1.5 TSI, uma das motorizações a gasolina mais interessantes para o mercado nacional continua a ser o já conhecido 1.0 TSI de 110 Cv. Equipado com este motor, o Golf acelera de 0 a 100 km/h em 9,9 segundos e atinge uma velocidade máxima de 196 km/h. O consumo médio de combustível é de 4,8 l/100 km (CO2: 109 g/km).

O potente motor 2.0 TSI de 245 Cv está disponível apenas na versão GTI do Golf. As performances são as seguintes: 250km/h de velocidade máxima e aceleração dos 0-100 km/h em apenas 6,2 segundos.

Motores TDI dos 90 aos 184 Cv de potência

Tal como os motores a gasolina, as versões Diesel do Volkswagen Golf também estão equipadas com motores turbo de injeção direta. Os TDI que são propostos na fase de lançamento no mercado do novo Golf possuem potências de 90 Cv (Golf 1.6 TDI) até 184 Cv (Golf GTD).

Excetuando a versão base Diesel, todos os TDI são propostos com uma transmissão DSG 7 velocidades.

No nosso mercado, a versão mais vendida deverá ser a 1.6 TDI de 115 Cv. Com esta motorização o Golf oferece um binário máximo de 250 Nm disponível desde regimes baixos.

Equipado com este TDI e uma caixa manual, o Golf acelera dos 0 a 100 km/h em 10,2 segundos e atinge uma velocidade máxima de 198 km/h. O consumo médio anunciado é de: 4,1 l/100 km (CO2: 106 g/km). Este motor pode opcionalmente ser acoplado a uma transmissão DSG de 7 velocidades.

A partir da versão Confortline está disponível o motor 2.0 TDI de 150 cv – consumos e emissões de CO2 de apenas 4,2 l/100 km e de 109 g/km, respetivamente. Um motor que leva o Golf até aos 216 km/h de velocidade máxima e cumpre os 0-100 km/h nuns interessantes 8,6 segundos.

Novo Volkswagen Golf 2017Tal como nas versões a gasolina, também a versão mais potente dos motores TDI apenas está disponível na versão GTD. Graças aos 184 Cv e 380 Nm do motor 2.0 TDI, o Golf GTD cumpre os 0-100 km/h em apenas 7,5 segundos e alcança os 236 km/h de velocidade máxima. O consumo médio do GTD é de 4,4 l/100 km (CO2: 116 g/km), um valor anunciado bastante baixo para um modelo de cariz mais desportivo.

Com tantas motorizações e versões disponíveis, não será difícil configurares um Volkswagen Golf 2017 à tua medida. Experimenta aqui.