Este Ferrari LaFerrari pode acabar por ser destruído

Este Ferrari LaFerrari importado ilegalmente para a África do Sul está em perfeitas condições, mas poderá ter um final trágico.

Em 2014, o proprietário deste Ferrari LaFerrari (cujo nome não é conhecido) terá gasto mais de 1 milhão de dólares com o desportivo italiano. Aparentemente, não terá sobrado dinheiro para cobrir as exigentes taxas de importação praticadas na África do Sul.

Além disso, como ex-colónia britânica, desde 2004 que a África do Sul proíbe o registo de veículos com o volante à esquerda (como é o caso deste exemplar). Como tal, o carro foi apreendido e guardado nos armazéns alfandegários durante mais de três anos.

VEJAM TAMBÉM: Este Ferrari LaFerrari é o carro mais caro do século XXI

Já no início deste ano as autoridades sul-africanas decidiram devolver o LaFerrari ao seu proprietário para que este pudesse abandonar o país. Em fevereiro, o dono submeteu uma declaração de exportação para a República Democrática do Congo.

Tudo parecia ter ficado resolvido, eis senão quando o proprietário do carro teve a brilhante ideia de regressar à África do Sul com o hiperdesportivo italiano. Um carro que até passa despercebido… Resultado: o carro foi novamente apreendido.

Caso o proprietário do carro não regularize a situação, esta história poderá ter o pior desfecho possível: a destruição do Ferrari LaFerrari.

Ferrari LaFerrari
Ferrari LaFerrari

Segue a Razão Automóvel no Instagram e no Twitter

Pub