BMW M4 CS. Uma versão mais civilizada do M4 GTS (mas pouco…)

Enquanto esperamos pelo novo BMW M5 (F90), a marca bávara brindou-nos com a edição especial BMW M4 CS. Estas são as principais novidades.

Mais um dia, mais uma estreia mundial no Salão de Xangai (têm sido muitas…), que só abre portas ao público esta sexta-feira. Com o BMW M4 CS, e depois das patentes registadas no final do ano passado, a marca alemã aproveitou a ocasião para aplicar a nomenclatura, que será utilizada muito provavelmente também no próximo M2.

Relembramos que em 2007, a BMW fez questão de recuperar esta designação (que remonta ao final dos anos 60) com o BMW Concept CS, precisamente no Salão de Xangai. Definiu igualmente uma versão do M3 (e46), que recorria a diversos componentes do mais exclusivo e extremista M3 CSL.

BMW M4 CS

Voltando ao BMW M4 CS, o desportivo alemão vem preencher o «buraco» entre o BMW M4, equipado com o Competition Package, e o «todo poderoso» M4 GTS, orientado para as pistas.

As diferenças face ao modelo abaixo começam logo debaixo do capot. Os engenheiros da divisão M Performance da BMW fizeram uma revisão ao conhecido motor twin-turbo 3.0 litros de 6 cilindros em linha (acoplado a uma caixa M DCT de sete velocidades), que passou a debitar mais 10 cv que o M4 com Competition Package, para um total de 460 cv de potência.

ESPECIAL: As carrinhas desportivas mais radicais de sempre: BMW M5 Touring (E61)

Este valor permite baixar da barreira dos 4 segundos no sprint dos 0 aos 100 km/h – 3.9 segundos – enquanto que a velocidade máxima é limitada eletronicamente aos 280 km/h. De acordo com a BMW, o M4 CS conseguiu um tempo de 7 minutos e 38 segundos na volta ao Nürburgring Nordschleife, durante os testes dinâmicos da marca.

Por falar em dinâmica, o BMW M4 CS recorre a elementos da suspensão em alumínio em ambos os eixos e à suspensão Adaptive M de série com uma afinação própria, para um melhor desempenho quer em estrada quer em circuito. Quanto ao peso, todos os apêndices aerodinâmicos são feitos com plásticos reforçados com fibras de carbono, uma solução que contribui para uma dieta de 32 kg face ao M4 de série.

Para já, não se sabe quantas unidades vão sair da fábrica de Munique, mas é certo que o BMW M4 CS será um modelo de produção limitada. O desportivo tem um preço anunciado de 116,900 € (para o mercado alemão).

BMW M4 CS
BMW M4 CS

Segue a Razão Automóvel no Instagram e no Twitter

Pub