Alfa Romeo Giulietta sem sucessor?

16/03/2017
1.792 views
2016 Alfa Romeo Giulietta
Share Button

É o que parece. O plano que pretende tornar a Alfa Romeo numa marca premium global contemplava um sucessor para o Giulietta, mas parece que (mais uma vez…) o plano sofreu alterações.

O sucessor para o Alfa Romeo Giulietta estava contemplado no plano que a FCA apresentou em 2014. O intuito era transformar a Alfa Romeo na marca premium global do grupo. O plano, entretanto, sofreu alterações.

Os oito modelos que estavam previstos serem lançados até 2018 para alcançar um volume anual de 400 mil unidades foi adiado para 2020. Atualmente, já não há ninguém na Alfa Romeo a avançar com um número concreto para o volume anual de vendas pretendido.

2016 Alfa Romeo Giulietta

Do plano inicial, para já, da «nova» Alfa Romeo só conhecemos o Giulia e o Stelvio – e até sabíamos que modelos estavam na calha. Porém a entrada do novo diretor executivo da marca, Reid Bigland, trouxe novamente incertezas sobre o futuro.

Sobre o futuro não só do Giulietta, mas também do MiTo. Reid Bigland afirmou em Genebra que, para já, estes modelos manter-se-iam na gama. Note-se que um sucessor para o MiTo nunca foi contemplado desde a apresentação do plano de 2014. No entanto, o sucessor para o Giulietta sempre esteve presente, mas as declarações recentes de Bigland em Genebra apontam para outro cenário:

[O MiTo e o Giulietta] são muito bons carros mas não estão ao mesmo nível do Giulia e do Stelvio.

Eu não tenho nada a anunciar relativamente a este tema, mas o nosso foco será menos Europa e mais o resto do globo. O mercado europeu será considerado, mas teremos também forte consideração pela Ásia e a América do Norte. Na China e América do Norte, os segmentos compactos são pequenos [para vendas].

O lançamento de futuros Alfa Romeo dependerá, essencialmente, da dimensão global do segmento em que irá competir. Como exemplo, o Giulia e o Stelvio estão integrados nos dois maiores segmentos globais para veículos premium. Bigland sugeriu que o próximo Alfa Romeo a ser lançado será provavelmente um SUV. A popularidade atual deste tipo de veículos assim o obriga. O que permanece em discussão é o posicionamento do novo modelo.

2017 Alfa Romeo Stelvio - perfil

RELACIONADO: Alfa Romeo Stelvio. Missão: ser referência dinâmica do segmento

Ou seja, o que falta definir é se o novo modelo ficará acima ou abaixo do Stelvio. Decisão que dependerá de saber não só qual o maior segmento global premium a seguir ao do Stelvio, como aquele que renderá mais à marca italiana nos três continentes.

É esta visão global que determinou o não desenvolvimento de uma carrinha Giulia, tipo de carroçaria que só conhece sucesso na Europa. E agora parece também determinar o futuro do Giulietta, onde as suas probabilidades de sucesso reduziriam-se essencialmente ao nosso continente. Adeus Giulietta? Parece que sim.

Segue a Razão Automóvel no Instagram e no Twitter

O encanto pelos automóveis empurraram-o para o mundo do design, com a enebriante possibilidade de poder vir a criar estas «criaturas» rolantes . Quando lhe colocaram um volante nas mãos, Fernando Gomes apercebeu-se ainda mais da complexa relação entre o homem e a máquina. Está definitivamente «agarrado»...