Desde 21.399 euros. Ao volante do renovado Skoda Octavia

Foi nas margens da Ria de Aveiro que testámos o renovado Skoda Octavia. A apresentação internacional do modelo decorreu em Portugal.

A Skoda renovou recentemente o Octavia, mas segundo a marca checa, este foi mais do que um simples facelift. No que diz respeito às alterações estéticas e a julgar pelos comentários que temos recebido, a solução encontrada para as óticas dianteiras pode não ter sido a melhor. Mas há muito mais para falar sobre este Skoda Octavia, vamos a isso?

No exterior

O Skoda Octavia está maior e se não me tivessem dito se calhar não iria reparar. A berlina cresceu 11 mm e a carrinha conta com mais 8 mm de comprimento. Sim são valores marginais, mas tudo ajuda quando o objetivo é aumentar a qualidade de vida a bordo.

“Foi como desenvolver uma nova geração.” – Robert Pênička, responsável da Skoda para o desenvolvimento dos sistemas de ajuda à condução e airbags.

A frente foi renovada e conta agora com uma grelha maior, os faróis dianteiros foram divididos e apresentam um remate de luz LED na parte inferior. Segundo a Skoda, esta alteração visual teve como objetivo principal tornar o Octavia num produto mais masculino e dinâmico. As luzes full-LED estão disponíveis como opcional desde o nível Ambition.

Na traseira, a principal alteração tem a ver com as luzes LED, que continuam a formar o “C” característico do Octavia. Há 13 cores exteriores à escolha e jantes entre as 16 e 18 polegadas.

No interior

É justo dizer que os valores deste crescimento exterior são “marginais”, mas tudo ajuda quando o objetivo é aumentar a qualidade de vida a bordo. No interior, o Skoda Octavia continua a oferecer espaço suficiente para sentar 5 adultos sem problemas. Se forem todos fazer uma roadtrip, a bagageira também não oferece problemas de espaço: 590 litros de capacidade para a berlina e 610 litros para a carrinha. Com os bancos rebatidos estes números passam para 1580 litros.

APRESENTAÇÃO: Conhece o Skoda Octavia RS 245, o Octavia mais rápido de sempre

O renovado Skoda Octavia recebeu uma atualização completa do sistema de infotainment. Isto significa que perdeu os botões tradicionais para os touch.

Há um ecrã de 6,5 polegadas, disponível em todas as versões, de 8 polegadas e um novo topo de gama com 9.2 polegadas (Columbus). Este novo sistema de infotainment é fácil de utilizar e têm botões animados de tamanho generoso, sendo simples selecionar o que pretendemos durante a viagem, sem atrapalhar a condução. Há também oito altifalantes de série e podes facilmente emparelhar o teu smartphone através das tecnologias MirrorLink e Apple CarPlay, para ouvires as tuas playlists no Spotify.

O ecrã de 9.2 polegadas permite navegar na internet, obter informações de trânsito em tempo real e apresenta dados sobre a disponibilidade de lugares nos parques de estacionamento. Há ainda um sistema de som premium opcional da Canton, com 10 altifalantes.

Assistência à condução: cinco novidades

Ainda no capítulo da tecnologia, encontramos 5 novidades na gama Octavia.

1) Sistema de deteção de peões com travagem de emergência (atua entre os 10 e os 60 km/h), 2) Deteção de ângulo morto, 3) Rear Traffic Alert, 4) Trailer Assist (assitência ao estacionamento com atrelado) e o 5) Crew Protect Assist que protege os ocupantes em caso de acidente iminente.

Soluções Simply Clever

Em linha com a imagem de marca da Skoda, o Octavia apresenta as suas tradicionais soluções “Simply Clever“. Entre estas destacamos o formato do porta-garrafas da consola central – segura a garrafa permitindo que seja possível abri-la apenas com uma mão enquanto conduzimos. Os passageiros que seguem nos bancos traseiros contam com duas portas USB e uma tomada convencional. Outros detalhes que já encontramos noutros modelos da marca, como o pequeno caixote do lixo nas portas dianteiras, marcam também presença.

Na Skoda Octavia Break há ainda uma lanterna LED disponível na bagageira, que carrega quando está na base e o veículo em funcionamento.

Ao volante

Não há diferenças no feeling da direção, caixa de velocidades ou mesmo no comportamento e isso é bom, porque o Skoda Octavia sempre marcou pontos neste capítulo. É um automóvel previsível, confortável e não menos importante, bem equipado. As novidades introduzidas pela Skoda ao nível da assistência à condução, aumentam a segurança e o conforto.

Diesel compensa? É melhor fazer as contas…

A nossa nota negativa vai apenas para o motor 1.6 TDI de 115 cv, quando acoplado à caixa manual de 5 velocidades. Para a experiência de condução ser mais agradável e menos ruidosa principalmente em autoestrada, a caixa DSG de 7 velocidades é um opcional obrigatório e aqui a Skoda propõe o Octavia, no nível de equipamento Ambition, com caixa DSG7 a partir de €31.316,47.

Bastante positiva foi a experiência ao volante do 1.0 TSI de 115 cv, com caixa manual de 6 velocidades de série – é mais silencioso, despachado, apresenta consumos inferiores a 7 l / 100 km e tem um “preço canhão” de 21.399 euros no nível Active. Feitas as contas são 5.860,7 euros de distância para o 1.6 TDI de 115 cv com nível de equipamento equivalente (€27.259,70).

A NÃO PERDER: Novo Skoda Kodiaq Sportline passeia em Lisboa antes de chegar a Genebra

O 2.0 TDI de 150 cv (desde €33.438,31) acaba por ser a proposta Diesel mais interessante. É muito despachado, tem uma excelente elasticidade, consumos comedidos e uma caixa de 6 velocidades.

É o carro ideal para mim?

O Skoda Octavia é uma referência no segmento ao nível do espaço interior, preço-qualidade e comportamento. Se procuras um automóvel de qualidade com um preço competitivo, então o Skoda Octavia deve estar na tua lista de preferências.

Ao nível das motorizações a nossa sugestão é que optes pelo 1.0 TSI de 115 cv (gasolina) ou pelo 2.0 TDI de 150 cv (Diesel). Caso procures uma proposta Diesel mais em conta tens o 1.6 TDI de 115 cv. No entanto, a caixa de 5 velocidades pode ser uma desvantagem – nada que um upgrade para a caixa DSG de 7 velocidades não resolva.

Preços e motorizações

O Skoda Octavia estará disponível no mercado nacional com quatro motorizações a gasolina e quatro a Diesel. Na oferta a gasolina o modelo de entrada é o 1.0 TSI de 115 cv, disponível a partir dos 21.399 euros (berlina) e 22.749 euros (Break) – nível de equipamento Active. Nos Diesel é o motor 1.6 TDI com 90 cv que faz as honras, disponível a partir de 26.836 euros (berlina) e 27.482 euros (Break), também no nível de equipamento Active.

O novo Skoda Octavia chega no final de março a Portugal, mas ainda teremos de esperar até maio pelas versões SCOUTRS e pelo novo motor 1.5 TSI de 150 cv.

Consulta aqui a lista completa de preços do Skoda Octavia – berlina e carrinha.

Segue a Razão Automóvel no Instagram e no Twitter

 

Pub