Aston Martin ressuscita o histórico DB4 GT

14/12/2016
1.150 views
Share Button

Num ano em que lançou o DB mais potente de sempre, a Aston Martin recua agora mais de cinco décadas para homenagear um dos desportivos mais raros e procurados da marca: Aston Martin DB4 GT.

À semelhança da Jaguar, que ressuscitou recentemente o clássico XKSS de 1957, a Aston Martin vai recuperar uma das suas pérolas do início dos anos 60, o Aston Martin DB4 GT.

aston-martin-db4-gt-4

Entre 1959 e 1963 saíram da fábrica no Reino Unido apenas 75 exemplares deste desportivo de duas portas. Agora, a pedido de muitas famílias, a marca britânica vai retomar a produção com mais 25 exemplares únicos, mais leves e potentes que o original, todos construidos de raiz.

Embora utilize o mesmo fornecedor de peças do atual DB11, de forma a preservar ao máximo o aspeto do DB4 GT, todo o processo de construção será respeitado, reduzindo ao máximo o número de componentes modernos – com exceção da roll cage com as especificações da FIA, cintos de segurança e um extintor, entre outros. Tal como o modelo original, o bloco «straight-six» de 334 cv de potência vai ser desenhado pela Tadek Marek, e será acoplado a uma caixa manual David Brown de quatro velocidades.

VEJAM TAMBÉM: É por isto que gostamos de automóveis. E tu?

“O resultado vai ser uma máquina verdadeiramente memorável. 25 pessoas terão a oportunidade de adquirir um clássico construido de acordo com os padrões modernos e pronto a ser conduzido em pista”.

Paul Spires, diretor comercial da Aston Martin

Os compradores terão também direito a um programa de condução criado pela Aston Martin Works, com o apoio de pilotos como Darren Turner, e que passa por alguns dos melhores circuitos internacionais.

Agora as más notícias… Cada um destes exemplares vai custar 1.5 milhões de libras, qualquer coisa como 1.8 milhões de euros, todos eles já reservados. As primeiras entregas começam a ser feitas no próximo verão.

Segue a Razão Automóvel no Instagram e no Twitter