É assim que as marcas escondem os protótipos de teste

Tentar esconder as formas de um novo modelo é um exercício necessário, mas por vezes inglório.

Parte da fase de desenvolvimento de um novo modelo passa por tentar escondê-lo dos “espiões” da indústria automóvel. E se algumas marcas optam por uma camuflagem à base de autocolantes de várias formas e feitios, outras transformam completamente o veículo com apêndices (des)necessários e um figurino radical, como é o caso deste BMW Série 5 Gran Turismo.

AUTOPÉDIA: O meu carro entrou em “autocombustão”: como parar o motor?

Antes de se por mãos à obra, tudo começa com imagens técnicas feitas a três dimensões, desenhadas a computador pelos engenheiros da marca.

Uma vez construidos, os painéis são aparafusados diretamente na carroçaria, e no interior as capas para as portas, tablier, consola e túnel central são também colocados. No caso de componentes como as capas dos espelhos retrovisores ou os pilares da carroçaria são aplicados autocolantes.

Assiste a todo o processo em pouco mais de três minutos:

Segue a Razão Automóvel no Instagram e no Twitter

Pub