Mini Countryman chega em 2017 com motorização híbrida

18/10/2016
1.252 views
Share Button

A segunda geração do Mini Countryman quer combinar a eficiência com o prazer de condução.

É o início de uma nova fase para a marca do Grupo BMW. O primeiro modelo híbrido da Mini está ainda em desenvolvimento, mas a marca fez questão de revelar já alguns detalhes sobre o próximo Countryman.

À semelhança do plug-in híbrido BMW 225xe, o novo Countryman conta com um motor 1.5 turbo de três cilindros a gasolina e uma unidade elétrica, responsável por levar a tração ao eixo traseiro. Ambos os motores trabalham em simultâneo, garantindo uma “gestão de energia eficiente”, com a ajuda de uma transmissão automática de seis velocidades e uma bateria de iões de lítio de 7.6 kWh – que no caso do BMW 225xe oferece uma autonomia em modo 100% elétrico de 40 km.

VEJAM TAMBÉM: Quando é que nos esquecemos da importância de nos movermos?

O sistema plug-in híbrido é de facto a grande novidade do novo Countryman, mas de acordo com Sebastian Mackensen, vice presidente da marca, a prioridade não foi apenas a eficiência mas também o prazer de condução:

“Num Mini híbrido, a condução em modo elétrico deve também ser uma experiência emocionante. Isto significa que a condução não deve estar limitada a velocidades de 30 ou 40 km/h, mas sim a velocidades bem acima do ritmo normal do trânsito na cidade”

O novo Countryman foi apresentado pela marca britânica na forma de um protótipo, como se pode ver nas imagens, deixando antever um modelo em termos estéticos não muito diferente do atual. Resta-nos esperar por mais novidades da marca bávara.

Segue a Razão Automóvel no Instagram e no Twitter