SEAT Ibiza 2016: subir as notas

04/06/2015
5.488 views
Share Button

Se me deixasse levar pelas aparências diria que o SEAT Ibiza 2016 não mudou. Mas mudou. Não por fora, por dentro… Chega a Portugal no final do verão.

No 6º ano, tive uma professora de Educação Visual e Tecnológica de quem não gostava muito – talvez fosse recíproco. A Sra. Prof. (falha-me o nome) teimava em não me dar um 4 de nota final. Eu desenhava relativamente bem, não faltava às aulas e o meu comportamento era correto. Apesar de tudo isto, a Sra. Professora dizia que não chegava para o 4. Segundo a dita docente, o que me tramava eram “os detalhes”.

Faltava-me aprimorar um pouco mais a técnica e esforçar-me um pouco mais. Ao conduzir o novo SEAT Ibiza senti-me a minha professora de 6º ano, sendo o aluno claro está, o SEAT Ibiza 2016.

VISTADIFERENT

Neste último período do ano lectivo o SEAT Ibiza 2016 quis subir de um 3 para um 4. E para isso melhorou os aspetos críticos da versão em comercialização. Embora não pareça está diferente, está mais aplicado. Lá está… melhorou nos detalhes (ao contrário de mim no 6º ano). Conseguiu? Foi isso que fomos tentar descobrir a Barcelona, na apresentação internacional do modelo à imprensa.

Por fora: é mesmo novo?

Por fora, está tudo na mesma ou quase na mesma. Recebeu uns retoques de personalização na grelha dianteira, umas jantes novas, cores diferentes e uns faróis com assinatura LED. A marca fez um estudo e chegou à conclusão que não valia a pena mexer no design: o público ainda gosta do Ibiza.

Por dentro: é novo sim senhor!

Por dentro a conversa é outra. Mudou muita coisa. O painel conhece um rigor de construção superior e está mais maduro. O GPS abandonou o topo da consola e encontra-se agora integrado com o rádio e sistema de infoentretenimento. Este último, 100% compatível com os principais smartphones do mercado, permite controlar várias funções a partir do ecrã do carro. Curioso é também o funcionamento do SEAT ConnectApp que transmite informações personalizadas das condições meteorológicas ou de compromissos registados na conta de Facebook. Com a função Smart Tips, a app regista as preferências individuais, como a dos destinos preferidos, podendo ativar lembretes e compromissos relacionados com o local.

Diretor Editorial e co-fundador da Razão Automóvel. Tem 29 anos, ama os automóveis mas tem uma paixão secreta: as duas rodas! Praticante de todo-o-terreno, iniciou-se nas lides da condução aos comandos de um Citroen Ax. Não resiste a umas boas curvas, seja no asfalto ou numa folha de papel.