Mazda CX-3: primeiro contacto

03/06/2015
5.696 views
Share Button

O Mazda CX-3 já está disponível no mercado português. O novo SUV do segmento B é a entrada a pés juntos da marca japonesa num mercado que está ao rubro. Esta foi a nossa experiência ao volante, num primeiro contacto.

O segmento B continua a receber propostas de peso e o Mazda CX-3 é a mais recente. Se as qualidades que encontramos no Mazda 2 foram muitas e uma referência, neste Mazda CX-3 a Mazda prepara-se para uma afirmação plena. A nova oferta diesel, com consumos de referência e uma qualidade geral digna do selo premium, tornam o Mazda CX-3 num dos SUV compactos mais atraentes e atrativos do mercado.

SIGAM-NOS NO INSTAGRAM E ACOMPANHEM AS APRESENTAÇÕES EM DIRETO

O Mazda CX-3 foi apresentado ontem em Portugal e nós tivemos a oportunidade de o experimentar. Pelas ruas da baixa de Lisboa, até ao Parque das Nações, foi possível confirmar as qualidades deste pequeno SUV, principalmente as da versão equipada com o novo motor diesel da Mazda, um 1.5 SKYACTIV D, com 105 cv, 270 Nm e caixa manual de seis velocidades SKYACTIV-MT.

Novo motor 1.5 SKYACTIV-D

Este motor, que conta também com a caixa automática de 6 velocidades SKYACTIV-Drive como opcional, estará também disponível para o Mazda 2, ainda que com 220 Nm de binário de máximo, uma redução que a Mazda justifica com a filosofia que está por detrás de cada modelo.

RELACIONADO: À conversa com o director de design da Mazda, Ikuo Maeda

O trabalho da Mazda neste novo motor passou muito por aumentar a disponibilidade nos regimes intermédios (aqueles que todos usamos diariamente) facilitando a utilização e tornando o 1.5 SKYACTIV-D mais agradável e “redondo”. Para que isto seja possível o binário máximo está disponível entre as 1600 rpm e 2500 rpm. O consumo médio oficial é de 4 l/100, um registo que vamos tentar validar num futuro ensaio completo.

Ao nível da transmissão, o Mazda CX-3 está disponível com tração integral inteligente, circulando sempre com a tração nas rodas dianteiras exceto nos momentos em que é necessário enfrentar terrenos ou condições mais adversas, e tração dianteira. Esta gestão da tração nas versões AWD permite uma poupança significativa de combustível e pneus.

INTERIOR

Com dois níveis de equipamento (Evolve e Excellence) o Mazda CX-3 consegue reunir logo desde o primeiro nível um conjunto de equipamento referencial no segmento. Encontramos no nível Evolve (22.970 euros): Assistência à Travagem de Emergência (EBA), Controlo Dinâmico de Estabilidade (DSC), Hill Launch Assist (HLA), sistema i-Stop, Sistema de Monitorização da Pressão de Pneus (SMPP), cruise control e o Smart City Break Support.

Mazda cx3 2015-20

O nível Excellence é mais recheado, mas também pesa mais na carteira, com preços a começar nos 25.220 euros. Aqui estão disponíveis gadgets e equipamento de topo: projectores de LED, Active Driving Display, sistema de chave inteligente, bancos com estofos em pele e tecido, câmara de auxílio ao estacionamento traseiro e sistema de áudio BOSE desenvolvido para o Mazda CX-3. Para além destes níveis de equipamento, há packs a complementar os mesmos.

EXTERIOR

No exterior encontramos um produto equilibrado, perfeitamente alinhado com as tendências de design e seguindo a linhagem KODO (Alma em Movimento). Aqui há uma novidade na palete de cores com a introdução da cor Ceramic Silver, uma estreia no Mazda CX-3.

Resta-nos esperar por um ensaio detalhado ao Mazda CX-3 para retirarmos conclusões completas, quanto a este primeiro contacto, foi positivo. E vocês? Deixem-nos as vossas impressões e questões aqui e nas nossas redes sociais.

Não deixe de nos seguir no Instagram e no Twitter

Cofundador da Razão Automóvel | Aos 20 anos, o pai passou-lhe um Alfa Romeo para as mãos com 300 mil quilómetros e disse-lhe: "Faz-te à vida." Desde então tem feito amizade com mecânicos e condutores de reboque por este país fora. Na nossa primeira reportagem, ficamos apeados na A1.