Ferrari 488 GTB: dos 0-200km/h em apenas 8.3 segundos

Está oficialmente decretado o fim das motorizações atmosféricas na casa de Maranello. O Ferrari 488 GTB, substituto do 458 Itália, recorre a uma motorização 3.9 litros V8 twin-turbo com 670cv de potência. Na era moderna é o segundo Ferrari a recorrer a turbos, depois do Ferrari California T.

Mais do que uma mera atualização do 458 Itália, o Ferrari 488 GTB pode ser considerado um modelo totalmente novo, tendo em consideração as extensas alterações preconizadas pela casa do «cavalinho rampante» no modelo.

RELACIONADO: Ferrari FXX K revelado: 3 milhões de euros e 1050cv de potência!

O destaque vai naturalmente para a nova motorização 3.9 litros V8 twin-turbo, capaz de desenvolver 670cv de potência máxima às 8.000rpm e 760Nm de binário às 3.000rpm. Todo este músculo traduz-se numa correria desenfreada dos 0-100km/h em apenas 3.o segundos e dos 0-200km/h em 8.3 segundos. A cavalgada só termina quando o ponteiro bate nos 330km/h de velocidade máxima.

ferrari 488 gtb 2

A Ferrari anunciou também que o novo 488 GTB cumpriu a típica volta ao circuito de Fiorano em 1 minuto e 23 segundos. Uma melhoria significativa face ao 458 Itália e um empate técnico frente ao 458 Speciale.

Um tempo que foi conseguido não só devido à potência superior do 488 GTB face ao 458 Itália, mas também graças à revisão do eixo traseiro e da nova caixa de dupla-embraiagem de 7 velocidades, reforçada para lidar com o binário superior deste motor. A Ferrari garante que apesar da introdução dos turbos, os som característico dos motores da marca, bem como a resposta ao acelerador, não foi afetada.

Ferrari 488 gtb 6

Pub