Saudades dos motores atmosféricos na Fórmula 1?

Share Button

Os motores V6 Turbo que equipam os atuais monolugares de Fórmula 1 podem ser mais avançados tecnologicamente, mas em termos sonoros dificilmente vão chegar aos calcanhares dos motores atmosféricos.

A Renault é uma das marcas com maior tradição no Mundial de Fórmula 1. Dos motores ao chassi, a marca francesa concentra no seu departamento desportivo, a Renault Sport, uma elevada capacidade técnica. Algum desse savoir faire pode ser apreciado neste vídeo que já conta com alguns anos.

RELACIONADO: De uma tórrida noite de amor entre um Renault Espace e um Fórmula 1 nasceu isto…

Um vídeo que remonta aos tempos em que a Fórmula 1 ainda estava rendida à explosão de sons e estalidos metálicos dos motores atmosféricos. Vão deixar saudades, não vão?

Não deixe de nos seguir no Facebook

Diretor Editorial e co-fundador da Razão Automóvel. Tem 29 anos, ama os automóveis mas tem uma paixão secreta: as duas rodas! Praticante de todo-o-terreno, iniciou-se nas lides da condução aos comandos de um Citroen Ax. Não resiste a umas boas curvas, seja no asfalto ou numa folha de papel.