Vectorização de Binário: tração à la carte

19/06/2014
934 views
Share Button

Nos veículos de 2 rodas motrizes, em aceleração a vectorização de binário atua no diferencial como se de um diferencial aberto se tratasse, a repartição de binário é feita de forma simétrica, mas a partir do momento em que existem variações de tração ou entradas em curvas com diferença de rotação excessiva entre rodas, o sistema atua enviando binário para a roda com maior tração atuando em conjunto com o controlo de tração e ESP, na desaceleração, visto não existir um deferencial no outro eixo motriz, o ESP é o responsável por atuar nos travões das rodas de forma independente, gerindo a informação que lhe é enviada por todos os sensores.

Funcionamento do PTV no Porsche Macan:

Nos mais recentes sistemas de tração integral, o sistema de vectorização de binário tem um papel ainda amais preponderante, intervindo conjuntamente com todos os sistemas, mas comandado pelo modulo central de gestão da tração integral, este modulo para além de fazer a gestão da tração entre eixos, também gere a forma como a vectorização de binário atua tanto na aceleração como na desaceleração, envidando o binário de forma totalmente autónoma, para uma das rodas, quer seja em aceleração como em desaceleração, contando ainda com os sistemas de controlo de tração e ESP para a situações mais extremas.

Tem no ADN a paixão por automóveis, ainda no ventre materno já gostava de andar de carro. Atingiu na formação como mecânico de automóveis o nirvana do viver e respirar técnica automóvel. Define-se como um Gearhead/Petrolhead e tem a condução como o seu Elixir de Vida.