Todos os detalhes do novo motor 1.5 Skyactiv D da Mazda

19/06/2014
8.296 views
Share Button

1.5l skyactive-2

Esta questão  torna-se particularmente problemática, uma vez que devido às altas taxas de compressão, quando o pistão se encontra no seu PMS (ponto morto superior), a ignição tende a ocorrer antes da mistura total e homogénea entre o ar e o combustível, resultando na formação dos gases NOx e partículas poluentes. Retardar a injeção de combustível, embora ajude na temperatura e pressão, resulta em pior economia e por isso em consumos mais elevados.

A Mazda consciente destes problemas, ainda assim resolveu apostar na redução da taxa de compressão dos seus blocos Diesel Skyactiv, com taxas de compressão de 14.0:1 – um valor manifestamente baixo para um bloco a gasóleo, uma vez que a média ronda os 16.0:1. Com o recurso a esta solução, por meio de pistões de câmaras de combustão especificas, foi possível diminuir a temperatura e pressão no PMS dos cilindros, otimizando por isso a mistura.

Resolvido este problema, faltava resolver a questão da economia de combustível, por isso mesmo a Mazda recorreu à magia da electrónica. Ou seja, mapas de injeção com algoritmos complexos capazes de realizar uma pré mistura otimizada, num bloco com baixa taxa de compressão. Para além dos benéficos efeitos na combustão, a redução da taxa de compressão permitiu reduzir o peso do bloco, devido ao mesmo estar sujeito a menos pressão interna, melhorando por isso os consumos e a rapidez de resposta do motor.

Tags
,

Tem no ADN a paixão por automóveis, ainda no ventre materno já gostava de andar de carro. Atingiu na formação como mecânico de automóveis o nirvana do viver e respirar técnica automóvel. Define-se como um Gearhead/Petrolhead e tem a condução como o seu Elixir de Vida.