Toyota apresenta ideia inovadora para automóveis híbridos

23/05/2014
4.021 views
Share Button

Embora os motores de combustão interna pareçam ter os seus dias contados, no que toca a extensores de autonomia, os atuais motores de combustão ainda têm uma palavra a dizer. A Toyota brinda-nos com a sua mais recente inovação ainda em desenvolvimento.

Enquanto todas as outras marcas utilizam extensores de autonomia com base em motores de combustão interna convencionais, a Toyota resolve dar uma passo em frente, antecipando-se à concorrência no que toca a extensores de autonomia para os seus veículos híbridos e elétricos.

Em mais este artigo da Rubrica Autopédia, descubram todos os detalhes deste motor da Toyota que não serve para locomover o carro, mas apenas para transformar combustível em corrente elétrica.

A génese desta arquitetura

Pegando em princípios mecânicos com quase dois séculos, a Toyota foi buscar inspiração diretamente ao motor de pistão livre: o motor Stirling. Um motor que em tempos foi o principal concorrente do motor a vapor, poderá voltar à ribalta quase 200 anos depois do seu surgimento.

Tem no ADN a paixão por automóveis, ainda no ventre materno já gostava de andar de carro. Atingiu na formação como mecânico de automóveis o nirvana do viver e respirar técnica automóvel. Define-se como um Gearhead/Petrolhead e tem a condução como o seu Elixir de Vida.

  • SSJ4

    Excelente matéria e muito bom post!