Abarth 695 Biposto: o escorpião volta a atacar!

07/03/2014
872 views
Share Button

A marca do escorpião apresentou em Genebra o Abarth 695 Biposto, uma versão demoníaca do simpático Fiat 500.

Aqueles que conhecem com maior detalhe a história da Abarth, sabem que nomenclatura 695 sugere logo à partida algo vindo do imaginário mais «radical» da casa de Turin. Temos de recuar até 1964 para encontrar o Fiat Abarth 695 SS, uma das versões mais selvagens que a marca italiana alguma vez produziu.

E agora, 50 anos depois, no Salão de Genebra, a marca revelou o seu sucessor: o Abarth 695 Biposto. No fundo, uma reedição moderna de uma das máquinas do passado de origem italiana, mais emblemática de sempre. Como podem ver pelas imagens, o Abarth 695 Biposto é um legitimo herdeiro da sigla 695.

abarth 695bp (1)

O Abarth 695 Biposto é um carro extremo, e faz questão de o deixar bem claro: eu não sou um Fiat 500! Os adereços aerodinâmicos ou o tom grave que o sistema de escape desenvolvido pela Akrapovic produz, fazem adivinhar um automóvel cheio de vontade de deixar marcas negras no alcatrão! E não é só vontade, há substância. Este pequeno foguete italiano é o carro de estrada mais potente que a Abarth alguma vez produziu. O motor 1.4 T-jet dá a vida necessária ao diminuto mas competente chassi, são 190 cv de potência e 250 Nm de binário máximo. O Abarth 695 Biposto é assim catapultado para os 100 km/h em apenas 5,9 segundos e atinge uma velocidade máxima de 230 km/h.

Apaixonado por automóveis desde que tem memória, Ricardo Correia é fascinado por dois extremos: o hardcore automóvel das direcções não-assistidas e a engenharia de ponta das trocas de caixa instantâneas.