Lotus Elise S Club Racer: Simuladores de condução, para quê?

29/11/2013
471 views
Share Button

Para a Lotus, os principais valores da marca, sempre se basearam num conceito muito simples: um conjunto o mais leve possível e uma justa relação peso/potência.

Retendo as premissas de Colin Chapman fundador da Lotus, apresentamos-vos a sua mais recente proposta radical para os track days. A gama Elise recebe um novo reforço, para os amantes dos track days puros e duros, que não se preocupam com um carro confortável e que só querem realmente desfrutar do hardcore da condução, apresentamos-vos o Lotus Elise S Club Racer.

2013-Lotus-Elise-S-Club-Racer-Interior-1-1024x768

Tendo em conta por terras britânicas, a popularidade do Elise Club Racer, disponível com o bloco de 1.6 litros, a Lotus quis dar um passo em frente, na sua oferta e reforçar as propostas puras e duras da marca.

Com a necessidade em mente, de colmatar uma lacuna na família Club Racer, com uma oferta mais potente, a Lotus, tira um coelho da cartola e antecipa-se com o Lotus Elise S Club Racer, equipado com o bloco de 1.8 litros Dual VVT-i 16V, de origem Toyota, sobrealimentado com compressor volumétrico Magnuson R900, cortesia da Eaton.

Tem no ADN a paixão por automóveis, ainda no ventre materno já gostava de andar de carro. Atingiu na formação como mecânico de automóveis o nirvana do viver e respirar técnica automóvel. Define-se como um Gearhead/Petrolhead e tem a condução como o seu Elixir de Vida.