Rolls Royce 20/25 de 1930 equipado com um… motor V10 de um Dodge Viper!

Atenção: se gostam de automóveis clássicos este artigo não é para vocês, ou será que é? Deixem de lado o gosto pelo que é genuíno e original e recebam com um grande sorriso nos lábios este «musculado» Rolls Royce 20/25.

O que vão ver de seguida será para muitos um verdadeiro sacrilégio, diria até, que há quem olhe para este caso como um crime público onde a pena de morte seria a sanção justa a aplicar. Acham que estou a exagerar? Então vão lá dizer ao «rei dos colecionadores» que houve uns «red-neck» nos EUA que encaixaram um motor V10 proveniente de um Dodge Viper num Rolls Royce 20/25 de 1930. Serão trucidados na hora…

Rolls-Royce 20/25

Mas antes de passarmos ao que realmente interessa, é importante dizer que o modelo Rolls Royce 20/25 foi produzido entre 1929 e 1936, do qual apenas 3.827 unidades chegaram a sair da linha de montagem. Como devem calcular, 83 anos depois este é um automóvel clássico que muitos pretendem preservar devido à sua raridade.

Para melhor perceberem o que estou a dizer, decidi pesquisar por este Rolls Royce 20/25 em alguns sites de compra e venda de automóveis clássicos. Depressa percebi que o valor deste clássico, com um restaurado minimamente decente, pode variar entre os 40 mil e os 80 mil euros, já as versões drop head (descapotáveis) são ainda mais caras e podem andar à volta dos 120 mil euros. Dito isto, acho que já reunimos todos os ingredientes necessários para começarmos a falar do projeto que nos trouxe aqui.

Rolls-Royce 20/25

Dêem um automóvel para as mãos de um americano e a primeira coisa que ele pensa é: tenho de meter isto a vomitar potência por todos os lados, custe o que custar. E foi mais ou menos isto que os rapazes de uma oficina no Estado do Michigan resolveram fazer: dar uma nova «alma» a um Rolls Royce 20/25.

O motor original de 6 cilindros debita apenas 20 cv – uma verdadeira miséria aos olhos de um americano. Vai daí, estes senhores decidiram arranjar maneira de lá meter um bruto motor V10 com mais de 500 cv vindo um Dodge Viper de 2004. Parece loucura, é loucura, mas é verdade.

Rolls-Royce 20/25

Felizmente, as alterações não ficaram pela unidade motriz. Eles estavam bem conscientes de que não bastava pôr um motor de 500 cv num 20/25 e fazerem-se à estrada. Pelo menos se a intenção fosse regressar vivo. Portanto houve toda uma preparação mecânica para tornar esta insanidade um pouco menos insana.

O carro passou por uma vistoria completa, houve inclusive algumas peças que foram feitas à medida para melhor «encaixarem» no novo chassi. O objetivo dos mecânicos era criar um automóvel para andar no dia a dia, daí ter de haver esta necessidade de substituir ou reparar algumas das peças originais. Ou seja, a carroçaria é original mas a estrutura e mecânica são bem mais modernas.

Rolls Royce 20/25

Há que dar a mão à palmatória, se não puder ser 100% original, então que seja assim: potente, elegante, moderno, seguro e genuinamente clássico aos olhos de quem o vê pela primeira vez. Este projeto foi apresentado a semana passada em Detroit e graças ao fórum ViperClub ficamos a conhecer esta magnífica história.

Fiquem com as imagens deste nobre inglês educado e treinado por americanos. Pedimos apenas que não mostrem isto à Rainha:

Rolls-Royce 20/25
Rolls-Royce 20-25 3
Rolls-Royce 20-25 7
Rolls-Royce 20-25 6
Rolls-Royce 20-25 5
Rolls-Royce 20-25 8
Rolls-Royce 20-25 11
Rolls-Royce 20-25 12
Rolls-Royce 20-25 15
Rolls-Royce 20-25 16
Rolls-Royce 20-25 17
Rolls Royce 20/25

Texto: Tiago Luís

Pub